Seminário Diocesano promove retiro para discernimento vocacional


Nos dias 15,16 e 17 de junho, o Seminário Diocesano, em União da Vitória, promoveu o 1º Retiro Vocacional de 2018, voltado para meninos acima de 15 anos

em Porto União e União da Vitória por

Contando com momentos de oração, lazer, palestras formativas de discernimento vocacional, convivência com os seminaristas e conversa com os formadores, os onze meninos que participaram do retiro puderam voltar para suas famílias com a semente da vocação mais regada. “Os jovens que participaram deste retiro não concluem ainda este ano o Ensino Médio, portanto não ingressam no seminário ano que vem. Mas, o retiro é importante para não dispersar aqueles que buscam o discernimento vocacional”, comentou padre Evaldo, reitor do Seminário.

Além dos momentos de palestra com o reitor e com o padre Mário Glaab, diretor do Instituto e atual administrador diocesano, os retirantes puderam ouvir a experiência de seminaristas que no ano passado fizeram o retiro e que neste ano ingressaram no seminário. Desde 2013 frequentando os retiros no Seminário, vindo da paróquia Senhor Bom Jesus, de Rebouças, Vanderson Daniel Openkovski, de 15 anos, se sentiu emocionado em ver colegas da mesma cidade, hoje seminaristas.

“Foi muito emocionante ver meus amigos que participaram comigo no retiro no ano passado estarem hoje no seminário dando seus testemunhos de como Deus agiu em suas vidas”, declarou o vocacionado, admirado.

Daniel, que participou este ano do seu décimo retiro quer continuar frequentando os encontros para melhor discernir sua vocação. “Já fui coroinha por muito tempo, e ainda ajudo em minha comunidade, e desde pequeno tenho a vontade de ser padre”, revela o jovem.

Das 25 paróquias da Diocese, três delas enviaram jovens para o retiro neste semestre, sendo elas, a paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de São Mateus do Sul, a paróquia São João Batista, de São João do Triunfo, e a paróquia Senhor Bom Jesus, de Rebouças. Também a paróquia São Pedro e São Paulo, da cidade de Porto União, que pertence à Diocese de Caçador, enviou um jovem.

Segundo o padre Evaldo, a falta de uma maior divulgação e apoio foi um dos motivos do número reduzido de jovens neste retiro. “É preciso melhorar o empenho nas paróquias pelos vocacionados. Apenas três paróquias enviaram candidatos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*