Category archive

Estado SC

Vestibular de Inverno da Udesc recebe inscrições para cursos gratuitos até 6 de maio

em Estado SC por

Foto: Divulgação / Udesc 

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) está com inscrições abertas para o Vestibular de Inverno 2019 no site vestibular.udesc.br. Os candidatos poderão se inscrever até 6 de maio e pagar a taxa de inscrição, de R$ 110, até 7 de maio. 

Leia Mais…


Source: Governo SC

Estudantes realizam atividades indígenas e visitam aldeia em Palhoça

em Estado SC por

 Foto: Débora Fernandes/EEB Ivo Silveira

Conhecer a realidade, estudar a história e praticar atividades típicas indígenas mobilizaram os estudantes do Ensino Médio Integral em Tempo Integral (EMITI) da EEB Ivo Silveira, em Palhoça. A “Semana da Cultura Indígena na Escola” contou com exposição, oficinas de arco e flecha, capoeira, palestra e apresentação de teatro para comemorar o Dia do Índio, celebrado nesta sexta-feira, 19.

Por meio do projeto “Mostra Cultural: Brasil, identidade e território indígena”, da disciplina de Arte e Cultura ofertada no EMITI, pela primeira vez os jovens conheceram a aldeia e a Escola Indígena Estadual de Ensino Fundamental (EIEF) Tekoá Itaty, localizada no Morro dos Cavalos. Os índios também visitaram a unidade EEB Ivo Silveira, onde participaram de atividades especiais em comemoração à cultura indígena como a brincadeira do saco (foto).

Para o estudante Diogo da Rosa, além de todo o aprendizado adquirido nas pesquisas, o contato com os índios foi o diferencial para mudar seu conceito sobre a cultura indígena. “Foi importante estudarmos desde a teoria, lá no momento da pesquisa, até a visita na aldeia. É um estilo de vida diferente, por exemplo. Eles têm outra concepção de trabalho e são felizes assim. Com certeza aprendi a respeitar ainda mais agora”, conta.

Na aldeia, os jovens interagiram com a modalidade esportiva arco e flecha, bastante praticada pelo povo indígena. Proposto pelos professores, os alunos dos 1º, 2º e 3º anos do EMITI trabalharam o tema de forma interdisciplinar, com uma roda de conversa na aula de Sociologia, ensaios para peça de teatro na aula de Arte e Cultura, entre outras.

“A ideia foi justamente trabalhar a interação, a desmistificação da cultura indígena promovendo o respeito entre as comunidades. A intenção é levar esse aprendizado para fora da escola e, a partir de ações como essa, conseguirmos construir seres humanos cada vez melhores na maneira de pensar, agir e lidar com as diferenças”, explica o professor responsável pelo evento, Arilson Costa.

Para a comunidade indígena, também foi uma experiência nova, com troca de experiências. “Podermos abrir as portas da nossa aldeia e receber os alunos, assim como visitarmos o ambiente deles, é uma forma de reconhecimento do nosso povo que, infelizmente, ainda sofre com o preconceito. É um momento bem especial para nós”, contribui a cacique e professora da EIEF, Elizete Antunes.

Educação indígena no Estado

Santa Catarina conta com 31 escolas estaduais indígenas com as etnias Kaingang, Xokleng/Laklãnõ e Guarani. Ao todo, são 2.939 alunos e, aproximadamente, 300 professores. Confira no mapa abaixo as regiões onde as escolas indígenas estão instaladas.


Informações adicionais à imprensa:
Edinéia Rauta – (48) 3664-0353 / 9980-3136
Dafnée Canello – (48) 3664-0347 / 996826562
E-mail: [email protected]
Site: www.sed.sc.gov.br
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Educação – SED


Source: Governo SC

Catador de latinhas de Ibirama inicia curso de Engenharia Civil na Udesc

em Estado SC por

Foto: Rafael Schafer/Udesc

Há seis meses, o gari e catador de latinhas Nilson Habeck, 49 anos, tomou uma decisão que mudaria sua vida: tentar ingressar em uma universidade. Morador do interior de Ibirama, no Vale do Itajaí, Nilson começou a estudar para o Vestibular de Verão da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em agosto do ano passado, na própria biblioteca da universidade. Em fevereiro deste ano, a redenção: foi aprovado no curso de graduação em Engenharia Civil.

Leia Mais…


Source: Governo SC

Abertas inscrições para dois cursos de fotografia no Centro Integrado de Cultura

em Estado SC por

A Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC), abre inscrição para os cursos de Fotografia em Acervos Culturais e de Fotografia de Grande Formato. As aulas, ministradas pelo professor Sérgio Sakakibara, serão realizadas nas dependências do Centro Integrado de Cultura (CIC), durante os meses de maio e junho.

Saiba mais sobre as oficinas:

:: Fotografia em Acervos Culturais
Conteúdo: Oficina teórica e prática abordando o uso da fotografia em acervos culturais, arquivos, bibliotecas, museus. A imagem fotográfica como objeto e como registro, catalogação, armazenamento, digitalização, difusão. Metadados, taxonomias, recuperação.
Programas para gestão e difusão de acervos. Operação básica de câmeras fotográfica e scanners.
Ministrante: Sérgio Sakakibara
Público-alvo: prioritariamente profissionais que atuam em instituições culturais; se restarem vagas serão admitidos estudantes de áreas afins, uma vez que será formada lista de espera. 

São 12 vagas e a seleção será feita por dois critérios: 1 – vínculo institucional; 2 – ordem de inscrição. Vale destacar que a falta na primeira aula (ou duas faltas) provocará ocancelamento da vaga e essa informação servirá de critério de seleção para os próximos cursos. Será fornecido certificado de 20h. 

Período do curso: às segundas-feiras do mês de maio e nos dias 3 e 10 de junho, das 8h30 às 11h50
Local: Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina / Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen 5600 – Agronômica / Florianópolis-SC.

Inscrições pelo formulário abaixo até 29 de abril às 18h.  A divulgação dos selecionados será informada no dia 30 de abril.
Curso gratuito. Formulário: https://forms.gle/diLdq1bddDsyvNL86

:: Fotografia de Grande FormatoConteúdo:
professores de fotografia, fotógrafos e artistas com alguma experiência e, ao menos, um conhecimento básico em fotografia e um portfólio online de trabalhos.

Serão oferecidas seis (6) vagas. A seleção se dará pelos critérios: 1 – currículo e portfólio; 2 – ordem de inscrição. Vale destacar que a falta na primeira aula (ou duas faltas) provocará o cancelamento da vaga e essa informação servirá de critério de seleção para os próximos cursos. Será fornecido certificado de 20h. 

Obs.: Os custos do material de consumo, filme e reveladores serão divididos entre os alunos (aproximadamente R$30)
Período do curso: 7, 9, 14, 16, 21 e 23 de maio (terças e quintas), das 8h30 às 11h50
Local: Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina / Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen 5600 – Agronômica / Florianópolis-SC.
Inscrições pelo formulário abaixo até 29 de abril às 18h.  A divulgação dos selecionados será informada no dia 30 de abril.
Formulário: https://forms.gle/yF453ZibU4R1hM7W8

Assessoria de Comunicação
Fundação Catarinense de Cultura (FCC)

[email protected]Site: Facebook: 
www.twitter.com/fccoficial


Source: Governo SC

Udesc assina ordem de serviço para concluir obra do novo prédio em Ibirama

em Estado SC por

 Bernardete França/Udesc Ibirama

Foi assinada nesta quarta-feira, 17, a ordem de serviço para conclusão do novo prédio do Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) em Ibirama. A obra será realizada pela Construrio Empreiteira, que tem um prazo de até 720 dias, a partir da assinatura da ordem de serviço, para concluir o trabalho. 

O ato de assinatura contou com a presença do diretor-geral da Udesc Ibirama, Jaison Ademir Sevegnani, que parabenizou todos os servidores, que não mediram esforços para a conclusão do processo. “A previsão é de que, no início de maio, a obra seja retomada”, afirmou o professor. 

Com valor global de aproximadamente R$ 4 milhões, o contrato contempla os serviços remanescentes de construção do prédio no Bairro Bela Vista, que está com 46% da estrutura pronta. O projeto prevê 4,4 mil m², distribuídos em dois blocos.

No novo prédio, funcionarão todas as atividades da Udesc Ibirama no futuro. Haverá quase 30 salas de aula e laboratórios para os cursos de Ciências Contábeis, Engenharia Civil, Engenharia de Software e Engenharia Sanitária, além de biblioteca e salas para os departamentos e a secretaria acadêmica. 

Construção paralisada em 2017

Iniciada no fim de 2015, a obra do novo prédio do centro foi paralisada em setembro de 2017 devido ao não cumprimento de itens obrigatórios pela vencedora da primeira licitação, que teve o contrato rescindido.

Antes de lançar a segunda licitação, a Udesc Ibirama fez contato com empresas que ficaram nas posições seguintes no primeiro certame, mas nenhuma delas demonstrou interesse em assumir a obra pelo valor apresentado. A abertura das propostas da segunda licitação ocorreu em fevereiro e a assinatura do contrato com a Construrio em março. 

Recursos federais

Para construir o edifício em Ibirama, a universidade obteve R$ 5 milhões por meio de emenda parlamentar de autoria do deputado federal Jorge Boeira, com participação do ex-deputado federal João Mattos.

Os recursos federais são transferidos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento à Educação (FNDE), via convênio, que será prorrogado. Além disso, a Udesc entra com uma contrapartida de recursos próprios.

Assessoria de Comunicação da Udesc
E-mail: [email protected]
Telefones: (48) 3664-7935/8010    


Source: Governo SC

Currículo base para ensino infantil e fundamental de Santa Catarina é definido

em Estado SC por

Com a diversidade catarinense. Assim ficou definido o Currículo Base da Educação Infantil e Ensino Fundamental do Território Catarinense. Durante três dias professores de todas as redes de ensino discutiram e aprimoraram, em Florianópolis, o documento que reúne o conjunto de aprendizagens essenciais aos estudantes. O 1º Seminário de Sistematização foi norteado pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Leia Mais…


Source: Governo SC

Última etapa de montagem das barras de olhal da Ponte Hercílio Luz é iniciada

em Estado SC por


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Dando sequência ao cronograma das obras de restauração da Ponte Hercílio Luz, a última etapa de montagem das barras de olhal foi iniciada. Serão instaladas 240 peças nas torres insular e continental. Em 2018, foram fixadas 120 peças no vão central e, ao todo, a ponte terá 360 barras de olhal, quem têm um papel fundamental na sustentação da estrutura.

Leia Mais…


Source: Governo SC

Obras de recuperação na parte estrutural das pontes de Florianópolis são iniciadas

em Estado SC por

 Foto: Julio Cavalheiro/Secom

O cronograma das obras estruturais de recuperação das pontes Colombo Machado Salles e Pedro Ivo Campos, que fazem a ligação Ilha ao Continente, em Florianópolis, foi iniciado. Os serviços começaram na Colombo Salles e seguem uma sequência de trabalhos que será efetuada consecutivamente em cada pilar de sustentação e em toda a parte inferior das duas pontes.

“A maior parte dos serviços será executada nas bases e parte inferior das pontes, sem causar interferência no trânsito. E foram estes trabalhos iniciados nesta quarta. É feita a lavagem com água doce, avalia-se a situação da área limpa e verifica-se a necessidade de recuperação naquele ponto da estrutura. E assim sucessivamente, de um lado ao outro das pontes, em toda a parte de concreto”, diz o secretário de Infraestrutura, Carlos Hassler. 

Em cada parte da estrutura (pilares e sob a pista das pontes) é necessário fazer a limpeza e retirar toda a sujeira do concreto. Posteriormente será feita a escarificação (raspagem e retirada) da argamassa para que então seja realizada a recuperação dos pontos necessários e, logo após, a pintura.

Os serviços nas pistas de rolagem das duas pontes serão realizados paralelamente à recuperação das estruturas inferiores, sempre buscando a menor interferência possível no trânsito.


Mais informações para a imprensa:

Patricia Zomer
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Infraestrutura
(48) 3664-2008 / 9-9995-8494
[email protected]


Source: Governo SC

Espaços culturais têm horários especiais na Semana Santa

em Estado SC por


Foto de arquivo / Secom

Alguns espaços administrados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) estarão com horários diferenciados de atendimento ao público durante este feriado de Páscoa. Apenas o Centro Integrado de Cultura (CIC), o Museu de Arte de Santa Catarina (Masc) e o Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS) funcionarão normalmente. A Biblioteca Pública estará fechada durante todo o período e as demais casas funcionarão com horários especiais.

Leia Mais…


Source: Governo SC

Cidades catarinenses atraem visitantes com programação de Páscoa

em Estado SC por


Foto: Divulgação / Osterfest 

O feriado prolongado atrai visitantes de todas as idades para as diversas atrações do período de Páscoa em Santa Catarina. Eventos voltados para a fé, a tradição e a cultura germânica ocorrem em todo o estado. Também há opções para quem busca entreter as crianças e degustar as delícias típicas dessa época do ano. Acompanhe abaixo a programação das principais cidades, elencadas por região turística.

Vale Europeu

Pomerode destaca-se como a cidade mais alemã do Brasil e realiza a 11ª edição da Osterfest, que iniciou em março e segue até este domingo, 21 de abril. A cidade veste um colorido especial para celebrar as mais genuínas tradições de Páscoa que os imigrantes alemães trouxeram de sua terra de origem. O evento conta com a Osterbaum, a maior árvore de Páscoa do mundo, enfeitada com 100 mil casquinhas de ovos naturais e o maior ovo decorado, com mais de 15 metros de altura. A festa ocorre no Centro Cultural da cidade de quinta a domingo, com atrações para todas as idades. O acesso é gratuito.

 Foto: Avipomerode/ Divulgação

Blumenau festeja a Páscoa até domingo, 21, com a Osterdorf, a tradicional Vila de Páscoa. A Vila Germânica, o Parque Ramiro Ruedizer e o Ginásio Galegão se enfeitam para receber os visitantes.

Entre as atividades programadas estão a Pintura de Casquinhas, Pintura de Orelhinhas de Coelho, Pintura Facial, Osterbaum, Cestinhas, teatro e contação de histórias, com destaque para a Ostergarten, a Horta Urbana. Além da horta, no espaço também é realizada uma oficina de plantio em casquinhas, compostagem e também distribuição de sementes para plantio em casa com dicas de sustentabilidade. Também no anel externo do Ginásio do Galegão é possível visitar a feira de artesanato com itens de páscoa e os brinquedos infláveis.

Na Sexta-feira Santa a Vila de Páscoa estará funcionando entre 10h e 21h. Mesmo horário que aos fins de semana. No domingo de Páscoa também estará aberta ao público, das 10h às 14h.

A Osterdorf é organizada pela Associação blumenauense de Turismo, Cultura e Eventos (Ablutec) em conjunto com o Parque Vila Germânica e a Secretaria Municipal de Turismo e Lazer. Conta ainda com patrocínio da Brandili e apoio do curso de Ciências Biológicas da Universidade Regional de Blumenau (Furb) e o curso de Medicina Veterinária da Unisociesc.

Já Nova Trento apresenta a La Seconda Pasqualina, na Praça Getúlio Vargas, com diversas atrações musicais e culturais. O evento conta ainda com a presença do Coelho, oficina de pintura de casquinhas, comércio de produtos artesanais doces e decorações, árvores com 52 mil casquinhas. Ocorre até dia 21, das 18h às 22h.

 Foto: James Tavares/ Secom

O Santuário Santa Paulina realiza a celebração da Paixão de Cristo, na Sexta-feira Santa, às 15h. O local de peregrinação sedia ainda no domingo, 21, oito missas solenes em alusão à Ressurreição de Cristo, na Igreja Matriz São Vigílio (8h e 18h30), no santuário Nossa Senhora do Bom Socorro (10h) e no Santuário Santa Paulina (6h, 8h, 10h, 14h e 16h).

Grande Florianópolis

Florianópolis sedia na Sexta-feira Santa, 19, a tradicional encenação da Paixão de Cristo, realizada pelo Movimento de Emaús há mais de 20 anos. O evento reserva momentos de reflexão e oração aos fieis e acompanha o trajeto de Cristo, desde sua condenação até a morte na Cruz. Haverá duas apresentações, uma às 17h30, e outra às 20h30, no Teatro Ademir Rosa (CIC), na Agronômica. O preço do ingresso é de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada). A organização solicita a doação de alimentos não-perecíveis que serão entregues a duas entidades assistenciais.

 Foto: Arquidiocese de Florianópolis/Divulgação

Haverá ainda encenação da Paixão de Cristo ao ar livre, também no dia 19 de abril, às 17h, na escadaria da Catedral Metropolitana, no Centro da cidade. O acesso é gratuito.

Costa Verde e Mar

Itajaí também entra no clima de Páscoa. A decoração temática para o feriado já está pronta na Praça Arno Bauer, no Centro. Haverá brinquedos para as crianças e um cenário com coelhos, ovos e cestas para visitação de moradores e turistas. Um gira-gira temático e um escorregador podem ser usados gratuitamente por crianças a partir de três anos.

 Foto: Marcos Porto/ Prefeitura de Itajaí

No cenário também há coelhos tridimensionais, cestos, cogumelo gigante, ovos de páscoa e grama sintética para diversão de crianças e adultos. O público poderá visitar o espaço até o dia 28 de abril.

A Praça Arno Bauer recebe ainda adereços temáticos montados pelos artesãos da cidade, como pinturas, coelhos, entre outras decorações para visitação do público. A Feira Culturada de Páscoa, promovida pela Fundação Cultural de Itajaí, acontece até o próximo sábado (20), com exceção da sexta-feira Santa (19). Diversos tipos de artesanatos para data estarão à venda das 9h às 18h, em frente à Casa da Cultura Dide Brandão.

Mais de 20 artesãos do município divulgarão seus trabalhos na feira, que tem parceria com a Associação dos Artesãos de Itajaí e o Centro Público de Economia Solidária (Cepesi). Estarão à venda no evento guirlandas e artigos de decoração, peças de crochê, tricô, ponto cruz, quadros, patchwork, madeira, bordados, comidas artesanais, roupas para cachorro, biscuit, entre outros itens. 

Encantos do Sul

Garopaba realiza a tradicional encenação da Paixão de Cristo pela sétima vez. O evento ocorre na Sexta-feira Santa, 19, após a celebração das 15h, na igreja Matriz de Garopaba. A realização é do Grupo de Oração Jovem Juventude, Amor e Fé (GOJJAF), com apoio da Paróquia São Joaquim e da Prefeitura da cidade.

A cidade do sul do estado realiza também a 4ª edição da Feira Cultural Lagoa das Capivaras, na sexta-feira,19, e sábado, 20. Haverá novidades culturais e gastronômicas, além das tradicionais exposições de artesanato, apresentações artísticas e praça de alimentação com Foodtrucks. O evento contará ainda com oficinas culturais e uma programação voltada para as crianças.


Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Flores
Assessoria de Imprensa Santur
Santa Catarina Turismo S.A – Santur
E-mail: [email protected]
Fone: (48) 3212-6311 / (48) 98821-7367
Site: www.turismo.sc.gov.br


Source: Governo SC

Saiba como ficam os serviços do Governo do Estado no feriado de Páscoa

em Estado SC por
  Foto: Cristiano Estrela/Secom

 

Os horários de atendimento ao público do Governo de Santa Catarina terão algumas alterações durante o feriadão de Páscoa, entre esta quinta-feira, 18, e o domingo, 21. Os serviços essenciais serão mantidos durante os quatro dias. Já as demais repartições farão ponto facultativo na quinta, sem expediente interno. Veja abaixo.

 

Casan

A Casan funcionará normalmente na quinta-feira, 18. Na sexta-feira, 19, não haverá atendimento presencial, mas durante todo o feriado haverá equipes de plantão para atender ao público. Quem precisar poderá acionar a central de atendimento pelo telefone 0800 643 0195 e pelo site da companhia, ambos com plantão 24 horas para recebimento de demandas e orientações. 

 

Celesc

A Celesc também funcionará normalmente na quinta-feira, 18. Na sexta-feira, as lojas de atendimento presencial estarão fechadas, retomando o expediente normal na segunda-feira, a partir das 8h. Os serviços essenciais serão mantidos durante todo o feriadão. Para emergências, o consumidor pode ligar para 0800 48 0196 ou informar sobre falta de energia enviando um SMS para o número 48196 com a mensagem SEM LUZ e o número da Unidade Consumidora.

Serviços comerciais estão disponíveis no portal Celesc, Agência WEB, ou pela discagem gratuita 0800 48 0120 em toda área de concessão.

 

Comunicação

A Secretaria de Estado da Comunicação estará de plantão para atendimento à imprensa, atualização do portal e das redes sociais do Governo. Acesse aqui o contato dos assessores de todas as secretarias. 

 

Educação

As escolas da rede pública estadual de ensino seguem o calendário proposto pela Secretaria de Estado da Educação (SED), com ponto facultativo na quinta-feira. Caso a unidade escolar, juntamente com a Gerência de Educação (Gered), identifique a necessidade de ter aula, poderá abrir normalmente. 

 

Defesa Civil

A Secretaria de Estado da Defesa Civil orienta a população, em caso de emergência, que comunique à coordenadoria municipal de Defesa Civil, no telefone 199 ou ao Corpo de Bombeiros Militar, no 193. O cidadão também pode ficar atento aos alertas nas redes sociais, SMS e no site da Defesa Civil de Santa Catarina.

Procon

O Procon de Santa Catarina estará fechado na quinta-feira e na sexta-feira. Já os Procons municipais terão autonomia para definir se farão ponto facultativo na quinta.  

Saúde

Todas as emergências dos hospitais públicos do Estado estarão abertas em esquema de plantão durante a Páscoa, assim como o Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemosc). 

 

Segurança

Polícias Civil (181) e Militar, incluindo a Polícia Militar Rodoviária (190), funcionarão em esquema de plantão com escalas. Bombeiros Militares (193) e Instituto Geral de Perícias (IGP) também não param.

 

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) fecha na quinta-feira e na sexta-feira e retoma as atividades na segunda-feira, 22, com horário normal de atendimento, das 8h30 às 17h.

 

 

  

Quais serviços públicos são considerados essenciais? 

– Tratamento e abastecimento de água;

– Produção e distribuição de energia elétrica, gás e combustíveis;

– Assistência à saúde, distribuição e comercialização de medicamentos;

– Captação e tratamento de esgoto 

– Atividades finalísticas das áreas de Segurança Pública, Saúde, Defesa Civil, Educação, Justiça e Cidadania e da Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc).

 

Informações adicionais para a imprensa

Fabiana de Liz

Assessoria de Imprensa

Secretaria de Estado de Comunicação – Secom

Fone: (48) 3665-3035


Source: Governo SC

Operações do Imetro/SC fiscalizam comércio de pescados e ovos de chocolate no Estado

em Estado SC por


Fotos: Divulgação / Imetro

A época do ano mais repleta de doces se aproxima e as prateleiras dos supermercados se tornam coloridas, com ovos de chocolate, barras, coelhos, caixas de bombons, colombas. Para conferir se o que mostra na embalagem realmente condiz com o que o consumidor leva pra casa, o Instituto de Metrologia de Santa Catarina (Imetro/SC), autarquia estadual vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, realiza simultaneamente a Operação Páscoa e Operação Semana Santa, que também inclui a fiscalização dos pescados, nas principais regiões do Estado.

“É importante para o desenvolvimento econômico do Estado, garantir uma concorrência comercial justa, transparente e com segurança para os nossos consumidores”, destacou o secretário da SDS, Lucas Esmeraldino.

A ação é realizada nas semanas que antecedem ao feriado religioso por todas as coordenadorias do Instituto: Tubarão, Joinville, Itajaí e Chapecó, e em conjunto com os departamentos de Produtos Pré-Medidos e Fiscalização da Qualidade de Produtos. Segundo o Imetro/SC, ao final da fiscalização, será divulgado um relatório apontando as irregularidades encontradas, bem como, o resultado das Operações.

“O nosso objetivo é garantir que o consumidor pague o preço justo pelo produto que está adquirindo e, no caso de ovos de Páscoa, os fiscais conferem, além do peso, a conformidade de brinquedos que acompanham alguns desses produtos”, declarou o presidente do Imetro/SC, Rudinei Luis Floriano.

Os produtos avaliados nos locais passam por uma pesagem prévia e, no caso de apresentarem alguma irregularidade na quantidade declarada da embalagem, são coletados, e periciados em laboratório.

Também é verificada a conformidade dos brindes que podem ser internos ou externos nos ovos e artigos de páscoa. Não internos são verificados a indicação de faixa etária e o aviso de existência de brinquedo, bem como a constatação do Selo de Segurança pelo órgão nacional (Inmetro).

Para mais informações o telefone da ouvidoria do Imetro/SC é 0800 643 5200 ou e-mail: [email protected]

Orientações ao consumidor

O Procon Estadual orienta que os consumidores fiquem atentos aos preços dos ovos de Páscoa e recomenda que sempre façam pesquisa de preços antes de escolher o estabelecimento. Orienta também que o consumidor tome os devidos cuidados no momento da aquisição, observando a validade e a qualidade externa que o produto apresenta.

Os chocolates e doces têm de estar em locais bem acondicionados, distantes, como todo alimento, dos produtos de limpeza e de higiene, e de possíveis fontes de calor. Atenção especial às embalagens, que não podem estar de nenhuma forma danificada ou não dispor de informações básicas, a exemplo da validade e dos componentes do produto.

Pescados

Em relação aos pescados, todo cuidado é pouco. Deve-se avaliar o aspecto externo e interno do peixe. Externamente, brânquias e olhos brilhosos, escamas transparentes e firmes são bom indício da qualidade do peixe. Internamente, a rigidez da cavidade abdominal, a ausência de odor forte, também indicam um bom estado de conservação do pescado. Quando fresco, deve ser consumido o mais breve possível, sendo difícil mantê-lo em bom estado de conservação fora do freezer.

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável
E-mail: [email protected]
Telefone: (48) 3665-2261


Source: Governo SC

Parques estaduais são opções de passeio nesse feriado

em Estado SC por


Parque das Araucárias – Foto: Eduardo Mussatto / IMA

Feriado prolongado é o motivo ideal para sair da rotina. E a natureza tem centenas de encantos para entreter, divertir e relaxar. Em Santa Catarina, algumas das opções são as Unidades de Conservação Estaduais. Em diferentes regiões do Estado, os Parques oferecem trilhas, muito verde e sossego. Para quem deseja passar os dias de folga junto à natureza, o Instituto do Meio Ambiente (IMA) divulga os horários de funcionamento dos Parques neste feriadão de Páscoa.

Parque Estadual Rio Canoas – Campos Novos
Quinta e sexta – 9h às 17h
Sábado e domingo – 13h às 17h
Entrada gratuita

O local oferece duas trilhas ecológicas: Trilha das Águas (4.400 metros de extensão) e a Trilha do Cemitério (600 metros). A primeira passa por pontos recheados de belezas e riquezas naturais. No segundo trajeto o diferencial são os aspectos históricos.

Parque Estadual Fritz Plaumann – Concórdia
Quinta e Sexta-feira – 14h às 17h (período da manhã com agendamento)
Sábado – 09h às 17h
Domingo – 13h às 18h
Entrada gratuita

O Parque conta com excelente infraestrutura para atender moradores e turistas da região. Além das belezas naturais do Parque, os visitantes recebem acompanhamento dos grupos e trabalhos de interpretação e educação ambiental nas quatro trilhas, as quais dispõem de estruturas como: decks, pontilhões, ponte pênsil, mirante, perfazendo mais de seis quilômetros de percurso em trilhas. Os guias contam detalhes da história do Parque, da criação, das espécies encontradas na região e do ambientalista naturalista que dá nome ao local. Na sequência, é hora de estar bem perto da natureza. O visitante escolhe a trilha mais adequada para fazer e, além de contemplar a natureza, pode se divertir na ponte pênsil ou apreciar a vista em belos mirantes.

Parque Estadual das Araucárias – São Domingos e Galvão
Quinta e sexta – 9h às 17h
Sábado e domingo – 13h às 17h
Entrada gratuita

A Unidade de Conservação oferece infraestrutura para os visitantes (centro de visitantes, sala de ambientação), eventos (auditório e espaço aberto) e pesquisadores (casa de alojamento). Conta com três trilhas ecológicas: Trilha do Mirante das Araucárias, Trilha da Cascata e Trilha da Corredeira do Rio Araçá.

Parque Estadual do Rio Vermelho – Florianópolis
Quinta, sexta, sábado e domingo – 9h às 17h
Valor dos ingressos: R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (estudantes, idosos e moradores do entorno), crianças com até 5 anos de idade são isentas de pagamento.

A visitação pública ao Parque é livre nas trilhas e nos acessos à praia do Moçambique e à Lagoa da Conceição. Os visitantes podem passear pela Trilha Aquática, lançada recentemente, ou pela Trilha Ecológica, guiada, onde é possível conhecer animais silvestres tratados no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) e que não podem voltar à natureza.

Parque Estadual da Serra do Tabuleiro – Grande Florianópolis
Quinta, sexta, sábado e domingo – 9h às 16h
Entrada gratuita

O Parque tem sua sede em Palhoça, na Baixada do Maciambu. O local conta com um centro de visitantes e trilhas educativas. Possui anda dois centros temáticos na sede dos municípios de Imarui e de São Bonifácio. A imensidão de espécies e vegetação praticamente intocáveis tornam a Serra do Tabuleiro um dos principais tesouros catarinenses.

Informações adicionais à imprensa:
Claudia Xavier
Assessoria de Imprensa IMA
Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina
E-mail: [email protected]
Fone: (48) 3665 4177 / (48) 99172 8277
Site: www.ima.sc.gov.br 


Source: Governo SC

Estado disponibiliza R$ 250 milhões para titulares de precatórios apresentarem propostas de acordo à PGE

em Estado SC por

Foto: Maiara Gonçalves/PGE 

O Estado de Santa Catarina disponibilizou R$ 250 milhões para que titulares de precatórios – dívidas reconhecidas em decisões judiciais – possam propor acordos para receber os valores de forma mais rápida. A Procuradoria Geral do Estado de Santa Catarina (PGE), por meio da Câmara de Conciliação de Precatórios, lançou edital convocando interessados em acordo para apresentarem proposta de deságio de 20% a 40% do valor original. Em 2018, a PGE conseguiu uma economia de R$ 40 milhões com os acordos dos precatórios.

As propostas devem ser encaminhadas entre 22 de abril e 3 de maio para o endereço eletrônico [email protected] e os credores precisam estar acompanhados de advogados durante todo o processo. De acordo com o procurador do Estado, Ricardo de Araújo Gama, integrante da Câmara de Conciliação de Precatórios, o Poder Executivo editou decreto para simplificar os procedimentos em 2019. “O envio eletrônico é uma novidade. Até então, os interessados precisavam vir pessoalmente protocolar as propostas de acordo”, explica.

Conforme Gama, as propostas de deságio poderão ocorrer nas faixas entre 20%, 25%, 30%, 35% ou 40%. Os acordos firmados com a Câmara serão imediatamente encaminhados ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) para homologação e realização do pagamento. “Os credores de precatórios que se decidirem por oferecer deságio e fizerem o acordo com o Estado garantirão o recebimento antecipado dos créditos”, observa o procurador do Estado, ressaltando que o critério para seleção das propostas é o desconto oferecido pelo credor.

Câmara de Conciliação

A Câmara de Conciliação de Precatórios tem a missão de orientar os credores, receber e analisar as propostas e dar aprovação sempre que atendidas as condições legais. Todos os credores podem participar, mas o acordo (conciliação) depende da manifestação de interesse do credor em oferecer desconto (deságio). A Câmara é composta pelos procuradores do Estado, Ricardo de Araújo Gama e Sérgio Laguna Pereira, e pela servidora da Secretaria de Estado da Fazenda, Cintia Salvador Sorgen.

Mais informações no site www.pge.sc.gov.br ou pelo telefone (48) 3664-7609 das 13h às 18h.

Informações adicionais para a imprensa:
Maiara Gonçalves
Assessoria de Comunicação
Procuradoria Geral do Estado
[email protected]
(48) 3664-7650 / 99131-5941 / 98843-2430


Source: Governo SC

Santa Catarina é destaque no controle da Cydia pomonella

em Estado SC por


Foto: Doia Cercal / Secom

Maior produtor de maçã do país, Santa Catarina está livre da Cydia pomonella e se destaca no mercado internacional. A praga, também conhecida como traça da maçã, pode causar grandes prejuízos aos produtores rurais e está longe do território catarinense há quase 10 anos. Responsável por metade da produção nacional da fruta, Santa Catarina se mantém, desde 2013, como referência internacional em sanidade vegetal.

A Cydia pomonella é considerada o pior inseto praga da fruticultura no mundo e mantê-la fora de Santa Catarina exige um trabalho contínuo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e produtores rurais. A praga adulta é uma mariposa e em sua fase larval causa danos ao fruto pela formação de galerias. Os hospedeiros primários da traça são: a maçã, pera, marmelo e noz europeia.

O secretário adjunto da Agricultura e da Pesca, Ricardo Miotto, explica que o reconhecimento do Brasil como área livre de Cydia pomonella, traz um grande diferencial competitivo para as frutas produzidas em Santa Catarina. “Essa praga traz grandes prejuízos para os fruticultores e a ausência da doença demonstra a credibilidade e a qualidade da produção catarinense”.

Não é à toa é que o Estado é o maior produtor nacional de maçã e, junto com o Rio Grande do Sul, responde por 70% das exportações brasileiras da fruta. A abertura de mercados é apenas um dos resultados obtidos após a erradicação da praga, pois a qualidade geral dos frutos também é preservada, uma vez que não é necessário o uso de inseticidas para o controle de C. pomonella em nossos pomares.

“O fato de o Brasil ter erradicado a doença traz um grande diferencial competitivo, principalmente no mercado internacional. Além disso, os produtores têm um custo menor de produção e de manejo e um ganho na qualidade das frutas”, destaca o diretor executivo da Associação Brasileira de Produtores de Maçã (ABPM), Moisés Lopes de Albuquerque.

As ações de defesa sanitária vegetal refletem tanto na rentabilidade dos pomares, quanto na saúde pública.

Monitoramento

O reconhecimento como área livre de Cydia pomonella é válido para todo o país, porém como Santa Catarina é responsável por 51% da produção nacional de maçã, o Estado dedica atenção especial ao combate da praga. “A Secretaria da Agricultura, Cidasc e Mapa se mantêm vigilantes para minimizar os riscos de aparecimento da doença no território catarinense”, ressalta o secretário adjunto Ricardo Miotto.

A Cidasc segue com o monitoramento da Cydia pomonella utilizando armadilhas em locais estratégicos como, por exemplo, as cidades onde a produção está concentrada; portos; aduana; e redes de distribuição de supermercados e importadores. São 170 armadilhas instaladas para confirmar a ausência da praga em Santa Catarina.
E nas fronteiras, o Ministério da Agricultura realiza a inspeção nos frutos importados, rechaçando aquelas cargas com a presença da praga.

Maçã em Santa Catarina

Segundo informações do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), Santa Catarina conta com 2.585 produtores, com produtividade média de 40,6 mil quilos por hectare e R$ 536,7 milhões de Valor Bruto da Produção. O Estado participa com 51% da produção brasileira e 49% da área em produção da cultura no país.

Informações adicionais:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
[email protected]
Fone: (48)-3664-4417/(48) 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br
www.facebook.com/AgriculturaePescaSC


Source: Governo SC

1 2 3 28
Vá para o Topo