Anúncio Supermercado Chipitoski 1075x140px
  • fPARALISAÇÃO-2018-2.jpeg
  • fPARALISAÇÃO-2018.jpeg

Comitê de gestão de crise é formado em União da Vitória


Prefeito reuniu colaboradores e secretários no final da tarde de domingo para definir as ações

em Plantão por

Um comitê de gestão de crise foi implantado ao final da tarde de domingo, 27, pelo prefeito de União da Vitória Santin Roveda para discutir a situação e as diretrizes dos serviços públicos no município diante da paralisação dos caminhoneiros. Representantes das secretarias municipais e setores diversos da Prefeitura, também Bombeiros, Polícia Militar, Núcleo Regional de Educação, defesa civil, representante da câmara de vereadores e também representantes do movimento dos caminhoneiros de União da Vitória, estiveram reunidos no Gabinete para coordenar as ações preventivas.

Durante a reunião foi verificado a situação de cada setor de serviços básicos e suas respectivas ações. Buscando resguardar os serviços essenciais à população, o prefeito que decretou situação de emergência na quinta 24, estabeleceu algumas medidas:

Saúde:

A secretaria de saúde esteve reunida com sua equipe de trabalho e defesa civil no inicio da tarde para estruturar o atendimento durante os próximos dias. O atendimento nas estratégias de saúde e unidades de saúde seguem normalmente. O atendimento nos postos de saúde do interior também continuará normalmente, devido as linhas de ônibus estarem restritas e a população não conseguir vir para a cidade, será mantido as consultas nos postos do interior. A entrega de medicamentos também não sofreu alterações.O CAPS continua com seu atendimento normal. Porém, fica suspenso os grupos de atividades, endemias e palestras. As campanhas: Vacinação da gripe que segue até o final de maio e saúde da mulher, que acontece amanhã 28, também está mantida. As consultas e exames realizados fora do município estão sendo analisadas individualmente, priorizando as que são de urgência e emergência.

 

Educação:

 

Devido ao transporte escolar estar comprometido, a dificuldade do deslocamento de professores e o gás de cozinha para o preparo das refeições dos alunos estarem acabando; A Secretaria de Educação informa que as aulas estarão suspensas a partir do dia 29 de maio nas escolas da rede municipal, escolas do interior e nos CEMEIS. As escolas estaduais também estarão adotando essa mesma media.

 

Departamento de Obras:

As demandas do Departamento de Obras estão restritas devido a falta de combustível, atendendo somente o estritamente necessário até que normalize a situação.

 

Coleta de Lixo:

A coleta seletiva de lixo urbano de responsabilidade da empresa Coopertrage está fazendo sua rota normalmente e garante seu funcionamento. A coleta de RSU (Resíduos Sólidos Urbano) também segue em normalidade. Foram estocados combustíveis para manter a coleta em dia durante o período de desabastecimento.

 

Transporte coletivo:

As linhas do interior não estão mais funcionando. As demais estão sendo atendidas normalmente até amanhã 28, a partir de terça 29, as linhas adotaram um sistema reduzido de horários (horários de sábado).

 

Na reunião o prefeito Roveda informou que as metas são continuar viabilizando o máximo de serviços essenciais à população e mantê-la informada. Por isso, o comitê seguirá acompanhando a situação e emitindo boletins informativos que serão enviados à imprensa e veiculados nos canais oficiais da Prefeitura, site e Facebook.

Última publicação de Plantão

Vá para o Topo