Professor do IFSC publica livro didático sobre matérias-primas agropecuárias


O livro é destinado a estudantes dos módulos iniciais de cursos técnicos e superiores em Alimentos

em Região por

Desde que decidiu seguir a carreira acadêmica, o engenheiro de alimentos e, atualmente, professor do eixo de produção alimentícia do Campus Canoinhas do IFSC, Luiz Paulo de Lima, cultivava o sonho de publicar um livro. Projeto que se concretizou neste ano, com a publicação, pela Editora UFV, do livro didático “Matérias-primas agropecuárias”, destinado a estudantes dos módulos iniciais de cursos técnicos e superiores em Alimentos.

Segundo ele, o livro aborda conceitos como sazonalidade, regionalidade e perecibilidade, além de trazer uma discussão sobre a importância socioeconômica da produção de alimentos, características de qualidade de matérias-primas agropecuárias e aspectos introdutórios de algumas matérias-primas de origem vegetal e animal.

Ele conta que a ideia de preparar um referencial de estudos, tanto para ele quanto para os alunos, surgiu em 2015, quando começou a trabalhar como professor substituto na Universidade Federal de Viçosa (UFV), em Minas Gerais, onde ministrou a unidade curricular de matérias-primas agropecuárias. “Muitas vezes, esta é a primeira disciplina técnica nos cursos da área de alimentos e tem como objetivos apresentar os principais tipos de matérias-primas de origem vegetal e animal, compreender a sua importância e as dificuldades associadas ao seu processamento e introduzir conceitos básicos de beneficiamento”, justifica.

Por conta da diversidade do conteúdo, o professor se viu desafiado a construir um material de apoio que estivesse efetivamente de acordo com o que a unidade curricular se propunha. O processo começou com a organização de uma estrutura básica, com tópicos, subtópicos e algum conteúdo, de acordo com seus próprios conhecimentos. Na etapa de revisão de literatura, ele usou dados das literaturas nacional e internacional, dando preferência a materiais livremente disponíveis na internet, para facilitar a pesquisa de quem quer se aprofundar nos temas. “O fato de ministrar uma unidade curricular que aplica estes conteúdos foi fundamental, pois o dia a dia do processo de ensino-aprendizagem facilitou a visualização dos principais pontos de melhoria do material”, explica.

A qualidade do material de apoio organizado serviu de inspiração para que o professor submetesse a obra para publicação pela Editora UFV, em maio de 2016, quando ainda trabalhava como substituto na universidade mineira. Passadas as fases de aceite da obra, aprovação e revisão, o livro foi impresso em abril deste ano. “Publicar um livro sempre foi um sonho. Mas muito distante. Algo platônico. Na verdade, nunca pensei que seria assim, com um livro didático”, conta professor Luiz Paulo de Lima, nomeado em caráter efetivo para o IFSC em 30 de junho de 2017, onde espera continuar suas pesquisas. “Existe uma grande carência de materiais didáticos específicos para alguns ‘nichos’. Este livro foi um destes.”

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*