Acadêmicos de Fisioterapia da Uniguaçu conhecem outros campos de atuação profissional


Foram realizados aulas teóricas e práticas em diversas entidades

em Porto União e União da Vitória por

Na disciplina de Tópicos Especiais, ministrada pela professora Luana Otto, os alunos do nono período de Fisioterapia tiveram a oportunidade de conhecer algumas áreas da fisioterapia as quais não tiveram contato na graduação. Os alunos supervisionados pela professora da disciplina fizeram visitas técnicas a diversos locais de trabalho.

No primeiro bimestre foram realizados aulas teóricas e práticas de Ventilação Mecânica e a visita foi ao Hospital Maternidade – Associação de Proteção a Maternidade e a Infância (APMI), onde puderam vivenciar e aplicar a prática das aulas teóricas.

No segundo bimestre, os alunos tiveram aula teórica e prática sobre Fisioterapia Desportiva com Renan Braunn, fisioterapeuta do time de futebol americano de nossas cidades. Eles visitaram também o Centro Equestre Bohrer, onde o profissional educador físico, Raphael Hirsh Bohrer, apresentou para os alunos um campo de trabalho para o fisioterapeuta. Eles conheceram um pouco da Equoterapia (terapia com cavalos) e como é trabalhada esta terapia com os pacientes.

Além desses lugares, os acadêmicos ainda conheceram a Microfisioterapia, uma atividade ainda pouco conhecida na fisioterapia. Os profissionais Poliana Vogel, Emanueli Bernardi e Marcel Schraier explanaram sobre o assunto e mostraram na prática como funciona o atendimento.

Por fim, visitaram a Clínica de Fisioterapeuta Bárbara Flissak Graegling, onde ela atende crianças com atraso motor ou com alguma deficiência, utilizando o método Pediasuit. Este é um tratamento para indivíduos com distúrbios neurológicos, como paralisia cerebral, atraso no desenvolvimento, lesões traumáticas cerebrais, autismo e outras condições que afetam as funções motoras e funções cognitivas de uma criança. A fisioterapeuta Bárbara abordou a história do método, como é realizado e mostrou aos acadêmicos na prática como ocorre com os pacientes que utilizam esse tratamento.

A professora Luana explica que a fisioterapia é uma área muito ampla, com vários campos de atuação. “Desta forma os acadêmicos puderam conhecer e vivenciar o trabalho desenvolvido pelos diversos profissionais, tendo como principal objetivo proporcionar uma visão ampla desses trabalhos, de forma que o aluno possa se identificar com alguma delas e escolher como área de atuação futura”, completa.

Vá para o Topo