• falso-alerta-sequestro.jpg
    Policia Civil descarta ação de quadrilha na região

Falsos alertas de sequestros de crianças movimentam redes sociais


Policia Civil do PR descarta ação de quadrilha na região

em Porto União e União da Vitória/Sem categoria por

Falsos alertas de sequestros de crianças têm assustado e deixado em alertas famílias da região. Circulando em redes sociais, suposto aviso da Polícia Civil sobre ação de quadrilha na região não foi confirmado, e a possibilidade foi descartada.

Informações falsas sobre dois casos de desaparecimento de crianças causaram preocupação à Polícia Civil, os dados divulgados em redes sociais eram falsos e mobilizaram inúmeras pessoas. Mensagens afirmando que a policia investigava os casos e um pedido de alerta movimentaram famílias nas redes, mas instituição não confirma avisos e descarta ação de quadrilha.

Segundo a Polícia Civil, mensagens desse tipo não partem da entidade, e não passam de boatos. Todas as informações oficiais da Polícia Civil são divulgadas nos canais de comunicação oficiais do órgão. De acordo com a delegada titular do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride), Iara Dechichi, mensagens como essas acabam dificultando a ação das delegacias especializadas.

 

Crianças desaparecidas

Atualmente, 35 crianças constam como desaparecidas no Paraná. O número, porém, segundo a Polícia Civil, é menor, já que sete famílias ainda não procuraram a delegacia para retirar o Boletim de Ocorrência, o que mantém seus nomes na lista. Segundo a organização, a média de resolução de casos de desaparecimento é de cerca de 95%. Em 2016, por exemplo, foram 47 crianças desaparecidas durante o ano, e dois casos permanecem sem solução.

 

Serviço

Para realizar denúncias de desaparecimentos, basta o  Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas ou a Delegacia de Pessoas Desaparecidas. É possível comunicar o desaparecimento de alguém, dar informações sobra o paradeiro e também registrar boletim de ocorrência sobre algum caso desta natureza.