“O povo brasileiro precisa de consciência do poder o voto”, diz pré-candidata do Planalto Norte


Adriana Dornelles foi a única mulher selecionada pelo RenovaBR após uma rigorosa seleção e hoje faz parte do Partido Novo

em Notícias por

Para discutir opções e propostas concretas de mudança no Paraná e em Santa Catarina, aconteceu nesta sexta-feira, 27, no Auditório da Estação União, um debate com figuras públicas para colocar em pauta a Renovação e também a reforma política.

Foram painelistas pré-candidatos dos dois estados e de diferentes movimentos e bandeiras partidárias:  Adriana Dornelles (Novo/SC e Vem pra Rua), Natalie Unterstell (Podemos/PR e Agora!), Fioravante Buch Neto (DEM/SC) e Euler de Freitas (PSD/PR). O anfitrião da noite foi o jornalista Delbrai de Sá.

A pré-candidata do Planalto Norte, Adriana Dornelles, esteve na Redação do Jornal O Iguassú durante a tarde, e contou sobre como ingressou na política e como as coisas se desenvolveram desde então.

Após as eleições de 2014, Adriana montou um movimento, em Mafra que se chamou “Acorda Brasil”. Posteriormente descobriu quem na cidade de Rio Negro haveria um movimento “Avança Brasil”

Ela entrou em contato com o organizador, que por coincidência era um amigo de infância, e em reunião, eles decidiram potencializar o movimento. O nome escolhido foi com base em um movimento que estaria acontecendo em São Paulo, “Vem pra rua RioMafra”.

Foi a maior manifestação da cidade, mais de três mil pessoas nas ruas. Adriana conta que a Revista Veja publicou sobre o manifesto, e o pessoal de São Paulo viu, por ter usado o nome “Vem pra rua”. Ela foi convidada para participar de uma reunião e lá haviam diversos líderes de outros movimentos que tinham acontecido na mesma época.

Com isso, quinze dias depois ligaram para Adriana. “Das 70 cidades que estavam aqui, nós selecionamos três pessoas para convidar para fazer parte da Liderança Nacional do movimento”, conta emocionada.

Adriana liderou SC, PR, enfim, a região sul. E nesta dedicação, a RenovaBR a descobriu e ela foi convidada para fazer parte do teste seletivo. Ela foi a única mulher selecionada de SC, e hoje não tem mais vínculo com o movimento “Vem pra rua”.

 

O RENOVABR

O Renova foi criado em outubro de 2017 para preparar gente comprometida e realizadora para entrar na política. Houve mais de 4 mil inscritos, e após diversos testes e avalições, entrevistas online e presenciais com uma bancada de especialistas em gestão pública e política foram escolhidos os representantes.

Os únicos pré-requisitos eram nunca ter ocupado nenhum cargo eletivo no passado e ter pelo menos 21 anos completos no início de 2018. A única mulher selecionada de Santa Catarina foi Adriana Dornelles, de Mafra.  Ela conta que esse projeto tem como missão tirar pessoas comuns da sociedade renovar a política

Adriana é advogada, empresária, especialista em Direito do Trabalho e ativista anticorrupção. Também é pré-candidata a Deputada Federal pelo Partido Novo. Para conhecer seu trabalho basta acessar a Página Adriana Dornelles ou o site novo.org.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*