Sesc Senac


em Primeiro Plano por

Uma vitória. Não importa quanto tempo demorou, quem sabe se tivéssemos conseguido antes, talvez não fosse tudo isso que ganhamos ontem. Valeu a espera. Não sei se foram 30 anos ou 10 anos, o que importa é que a nova estrutura física do Sesc Senac de União da Vitória é tudo aquilo que esperávamos e mais um pouco. É moderna, é preparada, e está pronta para atender mais de 1500 alunos de diversos municípios da região sul do PR todos os dias, trazendo educação, profissionalismo, cultura e muito mais.
O presidente do sistema Fecomércio PR, Darci Piana, em seu discurso ontem na inauguração destacou muito bem o seu sentimento ao ver o prédio pronto para servir a nossa comunidade.
Ele lembrou de sua história, do tempo em que vinha de trem até nossas cidades para então seguir de ônibus para Palmas e recordou o quão importante era União da Vitória no estado do Paraná. Destacou porque fomos abandonados politicamente e ‘afimou’ que o projeto que estava sendo entregue naquele momento era uma dívida com a cidade.
Piana ainda afirmou que aquila estrutura marcará um novo período para União da Vitória e região, e que muito rápido, 6 meses que sabe, já começaremos a sentir o resultado dos serviços prestados pela estrutura do Sesc Senac em nossas cidades.
Quero deixar aqui os parabéns aos empresários do comércio, Horst Waldraff e Diógenes Szpack, que não mediram esforços e foram persistentes para que a nova sede do Sesc Senac viesse para nossas cidades. Muitos ainda não sabem que sem a força e empenho de vocês dois, nada daquilo seria possível.
Enfim, todos sabem que o que vem acontecendo agora também é resultado de uma mudança do comportamento político de nossa região. Tanto que ontem as palavras mais usada nos discursos de inauguração foram ‘União’ e ‘Vitória’. Talvez por coincidência, mas minha coluna do dia 27, terça-feira, falava exatamente sobre isso, do respeito ao nome da nossa cidade.

PEDIDO
O Vereador Christian Martins pediu ontem publicamente via uma rede social que o governo do estado repasse através de um convênio com a prefeitura de Porto União uma máquina (patrola) que está enguiçada há mais de 4 meses no pátio da polícia rodoviária de Calmon. A idéia do vereador é que a prefeitura utilize esta máquina para atender a estrada que liga o município de Porto União, no distrito de Santa Cruz do Timbó, ao município vizinho de Timbó Grande.