O controle das enchentes


em Primeiro Plano por

Da mesma forma que já fomos iludidos por inúmeras promessas de políticos em relação a obras, novas empresas, novos empregos, nova ponte, entre outras que nunca se concretizaram, também já fomos enganados algumas vezes com os tais estudos para acabar com as enchentes em nossas cidades.
Ontem vi a preocupação do vereador de Porto União, Carlos Roderlei Pinto com o tema, ao convidar os Professores Roberto Pedro Bom e Claudino Pedro Berlatto para apresentar um estudo de controle das cheias que eles mesmo realizaram. E gostei muito do que ouvi. Professor Roberto foi direto ao ponto, deixou claro que o projeto poderia resultar na diminuição de aproximadamente um metro nas cheias em União da Vitória e Porto União. Mas que é preciso empenho político……… Estendi a reticências para ver se algum político maior, como um deputado federal sério, tenha peito de assumir um projeto ambicioso como esse.
Porque até hoje não posso dizer exatamente quanto, mas já foi gasto muito dinheiro de nossos impostos em projetos e estudos para o controle das cheias no Rio Iguaçu, até mesmo com a participação e conhecimento de orgãos internacionais, mas ninguém sabe aonde foram parar estes estudos, projetos, muito menos quais foram as soluções apresentadas. Enfim, alguém sabe me dizer porque estes projetos antigos nunca deram em nada?
Soube até de um projeto que foi pago com dinheiro público mas que é sigiloso (?!?!)… Incrível, não acham. Enquanto isso, a cada enchente a população sofre e ainda temos que ouvir velhos políticos dizendo que a culpa é noss, que fomos morar em área de enchente.
Vereador Carlos, uma sugestão, porque você não solicita pela Câmara de Vereadores todos estes projetos e estudos antigos sobre as enchentes do Rio Iguaçu. Isso pode trazer à tona algumas questões que nossos políticos não querem que saibamos.

Última publicação de Primeiro Plano

Vá para o Topo