Maldaner entrega recursos para a saúde de Calmon


O deputado federal esteve no município na sexta-feira

em SC Planalto por

Na tarde de sexta-feira, 23, o Deputado Federal, Celso Maldaner, esteve visitando o município de Calmon para entregar ao Prefeito Pedro Spautz recurso de custeio, no valor de R$ 150 mil, para manter atividades de atendimento na saúde.

O deputado foi recepcionado no Centro da Melhor Idade por autoridades de Calmon, Matos Costa e Timbó Grande. Na ocasião, o ex-prefeito Alcides Boff, lembrou da parceria do deputado com o município. “Você sempre ajudou nossa cidade, por isso agradeço pelo empenho, por sempre trazer coisas boas para Calmon e, pelo companheirismo”, disse Alcides.

O Prefeito de Timbó Grande, Ari Galeski, prestigiando a visita também agradeceu ao deputado pelo atendimento diferenciado aos municípios da região, que são pequenos e necessitam de ajuda. “O Celso é um deputado diferente pois, olha para os pequenos”, ressaltou Galeski.

Raul Ribas, Prefeito de Matos Costa, disse ter vindo por uma questão de gratidão ao deputado que sempre ajudou o município, “ele sempre esteve presente e, não é uma questão partidária que fará com que não reconheçamos quem ajuda nossa cidade”, afirmou.

Já o Prefeito de Calmon, Pedro Spautz, agradeceu o recurso destinado para saúde e disse que isso demonstra o comprometimento do deputado com o município, “o deputado sabe da importância desses recursos destinados para a saúde e, isso alivia a prefeitura e podemos investir em outras áreas”, comentou Pedro.

Para finalizar, o Deputado Maldaner agradeceu a receptividade, o calor humano e, colocou-se à disposição, “sei que tenho que me dedicar e trabalhar mais pelos municípios pequenos. Hoje, assumo oficialmente um compromisso com Calmon, o de resgatar o valor daquele empenho de R$ 1 milhão e meio que foi cancelado pela prefeita anterior”, afirmou Maldaner.

Além dos agradecimentos pelos recursos recebidos, os prefeitos comentaram sobre o quanto desenvolveria a economia da região com o escoamento da produção nos municípios se as estradas estaduais fossem pavimentadas, o que dificulta o investimento em infraestrutura.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*