• f191117-Homem-preso-empurrar-namorada-penhasco-POL-2.jpg
  • f191117-Homem-preso-empurrar-namorada-penhasco-POL.jpg.jpeg

Homem é preso na Capital por suspeita de tentar matar namorada que descobriu que ele era casado


O homem foi preso em Curitiba, após empurrar a namorada de um penhasco na estrada da Graciosa

em Policial por

Um homem, de 41 anos, suspeito de tentar contra a vida de uma mulher, de 51 anos, com quem tinha um relacionamento extraconjugal há aproximadamente um ano, foi preso na tarde de terça-feira (28/11), em seu local de trabalho, uma empresa de medicamentos, situada na Vila Fanny, em Curitiba. O trabalho foi realizado pela equipe de investigação da Delegacia de Quatro Barras.

Conforme apurado pela polícia, o crime aconteceu no mês de junho deste ano em razão de um desentendimento do casal em que a mulher discordou do suspeito, que queria armar contra o próprio tio – proprietário da empresa em que trabalhava. No meio da discussão, a vítima teria descoberto que o homem era casado e ameaçou a contar sobre a relação dos dois para a sua esposa.

“Desesperado com a situação, o suspeito fingiu uma tentativa de reconciliação com a vítima e a convidou para conhecer a Estrada da Graciosa. Já no local, o homem simulou algumas fotos e pediu para que a namorada sentasse próximo a um penhasco para fotografá-la sozinha, momento em que a empurrou de uma altura superior a cinco metros de altura”, conta o delegado responsável pelo caso, Luiz Carlos de Oliveira.

A vítima caiu e fingiu estar morta para despistar o homem, que ficou rodeando o seu corpo e iluminando com a lanterna do celular, já que era noite e estava escuro. Sem notar sinais de vitalidade, o suspeito fugiu do local e deixou a vítima no chão.

Embora tenha fraturado diversos membros na queda, a mulher resistiu aos ferimentos e conseguiu procurar ajuda logo após o ocorrido e foi encaminhada para um hospital, onde ficou internada por cerca de três meses.

O delegado informa que, no início de novembro, dias após a vítima receber alta hospitalar, ela procurou pela polícia. “A mulher veio até a delegacia relatar o fato e contou em detalhes como tudo ocorreu. Instauramos um inquérito para apurar o fato e após uma série de diligências solicitamos um mandado de prisão contra o homem por tentativa de feminicídio – razão pela qual foi possível prendê-lo”, afirma o delegado.

Na delegacia o suspeito negou o crime e alegou que vítima se desequilibrou e caiu sozinha. O homem será indiciado por tentativa de feminicídio e permanece preso no Setor de Carceragem Temporária da Delegacia de Quatro Barras, onde aguarda à disposição da Justiça.

Vá para o Topo