BR-280


em Colunistas/Primeiro Plano por

Falei nesta coluna no último final de semana sobre os projetos envolvendo a PR-180 e BR-476. Pois bem, o que escrevi lá é tudo para acontecer a partir de 2021, mas até lá precisamos que nossos políticos continuem cobrando melhorias nestas rodovias. BR-476 está demostando aos poucos, BR-153 ainda se slava, mas a PR-280, esta é uma vergonha para o estado do Paraná.

BADESC
O Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina irá investir mais de R$ 58 milhões em projetos de desenvolvimento no estado atra´ves do BADESC Cidades. A prioridade é para municípios com alta evasão populacional. A região norte receberá quase 24% deste valor. cada município pode cadastrar até quatro projetos de engenharia. Irineópolia, Matos Costa, Major Vieira e Três Barras já foram contempladas na primeira etapa do projeto.

VARA DA INFÂNCIA
Neste dia 15 de maio, quarta-feira, a Vara da Infância e Juventude vai aproveitar a comemoração dos 111 anos da Comarca de União da Vitória para realizar um mutirão de audiência tanto na Cidade de União da Vitória, bem como em Bituruna, aonde será reinaugurado o Posto Avançado do Fórum de Bituruna, uma iniciativa inédita no Paraná de descentralização do Judiciário.

PROJETOS
Governo Ratinho Jr vem apurando a apresentação de projetos apresentados como base de sua campanha. Ontem, segunda-feira, a Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade o Programa de Integridade e Compliance no Poder Executivo que estabelece mecanismos de combate à corrupção, transparência pública, controle interno, gestão eficiente de recursos públicos, punição de agentes públicos por desvios de conduta e aprimoramento da relação Estado-cidadão. Deputado Hussein Bakri, líder do governo na ALEP destacou que “O respeito à moralidade e à eficiência administrativa não pode ficar apenas no discurso. Por isso, o Governador está colocando essas medidas no papel e fazendo do Paraná o primeiro Estado do país com um programa dessa natureza. O recado das urnas foi claro: a corrupção não será tolerada em nenhum nível da administração estadual”. O programa prevê a adoção de princípios éticos e normas de conduta, bem como a certificação do seu cumprimento; o estabelecimento de medidas que previnam possíveis desvios por parte dos agentes públicos; o fomento à inovação no Executivo estadual; e o aperfeiçoamento da estrutura de governança pública, além da criação e do aprimoramento da gestão de riscos e dos controles da administração pública.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*