União da vitória ganha neste mês instituto Marcelo Domício Scaramella de Mello


O instituto será apresentado para a comunidade no final julho no antigo albergue noturno, em União Da Vitória

em Porto União e União da Vitória por

União da Vitória ganha no dia 28 de julho, o Instituto Marcelo Domício Scaramella de Mello. Sua sede será na Avenida Senador Salgado Filho, antigo albergue noturno do município. Marcelo faleceu em fevereiro de 2018 e era integrante da Federação Espírita Paranaense (FEP), membro do Conselho Federativo Estadual e do Centro Espírita Amor e Caridade em União da Vitória.

Uma das coordenadoras desse trabalho, Simone de Mello, viúva de Marcelo, explica o que é o instituto. “Marcelo sempre foi muito envolvido em causas sociais e envolvido no centro espírita Amor e Caridade na divulgação da doutrina e do evangelho de Jesus, que fala sobre o amor ao próximo. Antes do seu desencarne ele iniciou um trabalho de atendimento aos irmãos em situação de rua e que passavam por tratamento de saúde. De uma forma tímida iniciou os trabalhos, mas sempre sonhou em um instituto organizado envolvendo a comunidade. E agora nós da família, com nossos amigos, vamos dar sequência a esse trabalho que foi iniciado por ele”, falou Simone.

Segundo ela, dentre outras frentes, o instituto trabalhará inicialmente com o Projeto Dignidade, atendendo a pessoas moradoras de rua.  O atendimento será para homens maiores de 18, realizado sempre nas segundas de manhã. Será realizado um cadastro e proporcionado acolhimento e a distribuição de um kit higiênico. “Em seguida passarão por uma triagem na enfermagem, para verificar se há necessidade de encaminhamento médico e após, faremos uma conversa com todos para ouvir seus anseios. Vamos oferecer uma refeição ao meio dia e os irmãos que estiverem no programa assiduamente, no próximo ano ficará o dia inteiro no instituto e a tarde participará de uma oficina. O projeto tem o apoio da Uniguaçu através dos cursos existentes na instituição que farão as oficinas e auxiliarão em alguns atendimentos”, explica.

Ela convida a todos a auxiliar o Instituto que atenderá a todos que precisarem.  “Se cada um fizer um pouco, tenho a certeza que iremos mudar a situação de muitos. Apesar de nós sermos espíritas, ele não é um departamento do Centro Espírita. É um instituto sem fins lucrativos e sem vínculos com partidos políticos. Tem muitos voluntários de outras religiões que estarão nos auxiliando. O que importa é ter amor no coração e vontade de auxiliar”, salienta.

Simone pede doações de roupas e de alimentos não perecíveis. Se a pessoa não tem como levar, é só entrar em contato com ela, que os objetos e alimentos serão buscados. “Para tudo isso acontecer é necessária a ajuda constante da comunidade”, completa.

Outro projeto que o instituto irá trabalhar foi denominado Solidariedade, que irá auxiliar as pessoas em tratamento de saúde e seus familiares, com apoio psicológico e outros auxílios.  Interessados em colaborar o contato é o da Simone através do celular (42) 9 9930-9191 ou na Rádio Educadora/Uniguaçu parceiros do projeto.

 

Marcelo Domício Scaramella de Mello

O membro do Conselho Federativo Estadual, eleito em 2015, para o habitual período de seis anos, teve seu mandato expirado com antecedência, pela desencarnação, ocorrida em 27 de fevereiro de 2018.

Nascido em 28 de julho de 1965, em União da Vitória, Paraná, onde residia com sua esposa Simone e os filhos Marcelo, Marina e Matheus. Teve como seus pais Jair de Mello e Mari D’Alva Scaramella de Mello. Sua folha de serviço, no Movimento Espírita, soma trinta anos, ocupando vários cargos. Com formação na área do Direito, atuava como advogado. Sempre dinâmico, exercia, atualmente, a função de Diretor do Departamento de Orientação e Dinamização do Movimento Espírita da 15ª URE (sede União da Vitória).

O Centro Espírita Amor e Caridade, dessa cidade, no qual desenvolveu suas atividades doutrinárias, o elegeu presidente em 2002, cargo que ocupou até 2010.

Abraçou a tarefa da exposição espírita, aos 36 anos e, ao ser instalada a 15ª União Regional Espírita, em 12 de fevereiro de 2010, como desmembramento da 2ª URE (Ponta Grossa) ocupou a presidência, por dois mandatos.

Na qualidade de Multiplicador do Curso de Qualificação do Trabalhador Espírita – Bases Doutrinárias, aderiu de forma ampla ao Programa de Qualificação do Trabalhador Espírita, implantado pela Federação Espírita do Paraná, em 2015.

Sua desencarnação, depois de dois anos de luta contra a enfermidade que o acometeu, em que exemplificou sua condição de espírita, sua enfibratura moral, movimentou toda a cidade. (Fonte FEP)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*