União da Vitória está de volta à Confederação Nacional dos Municípios – CNM


em Porto União e União da Vitória por

Há alguns anos, União da Vitória havia deixado a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), mas na manhã de quinta-feira, 25, a reunião realizada no gabinete do prefeito Santin Roveda tratou de concretizar o retorno de União da Vitória à CNM. A organização independente, apartidária e sem fins lucrativos, fundada em 8 de fevereiro de 1980, tem por consolidar o movimento municipalista e fortalecer a autonomia dos municípios.

Segundo o representante da CNM, Juarez Lima Henrichs, a entidade é referência mundial na representação municipal, a partir das iniciativas políticas e técnicas que visem à excelência na gestão e à qualidade de vida da população. “Desconheço outra entidade que tenha tal representatividade a serviço dos municípios junto ao governo federal e a ortgãos internacionais, como a ONU, por exemplo”, destacou Henrichs.

Ele parabeniza União da Vitória por este ingresso, agradecendo a equipe da atual gestão e aos vereadores por somar forças. Além disso afirma que o município só tem a ganhar com a adesão, e exemplificou: “Temos um convênio junto à União Européia para questões de desastres naturais. Vamos incluir União da Vitória entre os municípios paranaenses desta lista, pois, afinal, em momentos de emergência qualquer ajuda é bem-vinda”, observou.

Para o prefeito Santion Roveda a decisão é de fundamental importância como mais uma somatória de esforços na busca de se recolocar União da Vitória no patamar que o município merece. “A CNM nos ajudará e muito. Por exemplo, no processo diário de atenção à liberação de projetos para captação de recursos federais. Isso precisa ser feito diariamente e uma prefeitura, sozinha, não consegue saber de tudo o que ocorre em Brasília. Um descuido e uma verba que poderia beneficiar o cidadão de União da Vitória passa batida. A CNM vai nos orientar e avisar para estas possibilidades, além de que somaremos força junto às nossas reivindicações em Brasília “, resumiu o prefeito Santin.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*