• tempo-seco.jpg

Setembro começa com chuva abaixo da média


Previsão aponta primavera mais quente em Santa Catarina

em Porto União e União da Vitória por

Os primeiros 15 dias de setembro devem continuar com o padrão seco, com chuva abaixo da média climatológica e risco de queimadas frequentes. Em outubro e novembro há previsão de chuva mais frequente e aumento do volume considerável. Segundo a Epagri/Ciram, os dados da climatologia (o que se espera para época do ano) os meses de setembro e outubro marcam a transição inverno/verão, dando início as chuvas de primavera com totais mensais mais elevados.

Com a chegada da primavera em 22 de setembro aumenta a incidência de temporais com granizo e ventania em todo o Estado. Chuvas com consideráveis acúmulos de água em curto espaço de tempo, assim como períodos de estiagem são esperados para os próximos três meses.

Em quase todas as regiões de Santa Catarina a maior precipitação do trimestre é prevista para ocorrer em outubro, com acumulados de 210 a 280 mm no Oeste e Meio-Oeste, e de 140 a 180 mm do Planalto ao Litoral. Em novembro, o volume de chuva diminui, com valores de 130 a 180 mm em média, no estado.

As típicas chuvas de verão devem iniciar na segunda quinzena de novembro, fenômeno resulta da passagem de frentes frias, com influências de sistemas de baixa pressão, resultando nas características pancadas de chuva de verão.

Em relação à temperatura, previsões é acima da média climatológica em SC, no trimestre. Na primeira quinzena de setembro ainda podem chegar massas de ar frio com formação de geada fraca, mas no decorrer da primavera o frio diminui gradativamente e a partir de outubro já se espera períodos mais aquecidos.

Também são características de inverno/primavera a formação de nevoeiros associados à nebulosidade baixa, com redução de visibilidade em locais próximos à rios e riachos.

Vá para o Topo