• 39vklfig.jpg
  • ltq5yy77.jpg

Governo conclui reparos na PR-280


A rodovia recebeu investimentos de R$ 882 mil de recursos próprios do Governo do Estado

em Estado PR/PR Sul por

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR) finalizou na sexta-feira os trabalhos de recuperação de um trecho de 63 quilômetros da PR-280, entre Palmas e o acesso à BR-153, no município de General Carneiro, no Sul do Estado.

Após sofrer com as chuvas fortes que caíram na região no mês de maio, a rodovia recebeu investimentos de R$ 882 mil de recursos próprios do Governo do Estado. Para as próximas semanas, a previsão é que a rodovia receba obras pontuais de tapa-buracos.

Segundo o diretor-geral do DER-PR, Nelson Leal Júnior, esta foi uma recuperação emergencial até que o órgão finalize um projeto de restauração estrutural da PR-280.

“Precisamos resolver o problema da estrutura do pavimento, as bases, sub-bases e drenagem. Muitas vezes é a falta de drenagem que ocasiona esses problemas”, explicou.

“Não é só a capa, o problema está embaixo. Quando chove muito, a água vem e faz o buraco”.

TÉCNICO

Este projeto consiste em um levantamento técnico dos pontos mais críticos da PR-280, no trecho entre Palmas e General Carneiro, e a previsão de investimento é de cerca de R$ 10 milhões. O projeto deve ser entregue em 60 dias e na sequência será lançado o edital de concorrência para a execução da obra.

CONCESSÃO

Além deste projeto, o Estado debate alternativas para a concessão da rodovia. Audiências públicas foram realizadas em Pato Branco e Francisco Beltrão no final do ano passado para discutir o tema com a população. Uma das sugestões vindas das audiências foi incluir na concessão a duplicação do trecho entre Francisco Beltrão e Pato Branco. Esta alternativa será debatida em novas consultas públicas nos próximos meses.

SEM ACIDENTES

Desde o começo deste mês de junho, quando a rodovia começou a ser reparada, não foram registrados acidentes. Segundo dados da Polícia Rodoviária Estadual, houve oito acidentes na PR-280 desde o começo do ano. Fevereiro foi o mês mais violento desta estrada, com cinco acidentes que deixaram sete feridos e um óbito.

Vá para o Topo