• soja-canoinhas.jpg

Região de Canoinhas concentra maior produção de soja em Santa Catarina


Lavouras de soja ocuparam 131,6 mil hectares na safra 2016/17, onde foram colhidas quase 502 mil toneladas do grão

em Estado SC por

Com a maior safra de soja de Santa Catarina, região de Canoinhas responde por mais de 20% do total produzido pelo estado. As lavouras de soja ocuparam 131,6 mil hectares na safra 2016/17, onde foram colhidas quase 502 mil toneladas do grão – 9,95% a mais do que no último ano. A região é ainda uma grande produtora de milho e se torna um celeiro catarinense da produção de grãos.

Na região, as lavouras de milho e soja praticamente não competem. Aliás, lá é um dos únicos lugares do estado onde a área plantada de soja diminuiu e à de milho aumentou, indo na contramão do que acontece nas outras regiões.

Enquanto os produtores de soja destinaram 131,6 mil hectares ao plantio – 1,29% a menos do que na safra 2015/16. As lavouras de milho foram ampliadas em 5,25%, chegando a 32,1 mil hectares. Mais área plantada e mais produtividade resultaram em uma colheita de 304,6 mil toneladas de milho – 14,4% maior do que no último ano.

A produtividade também foi o segredo para incrementar a produção de soja na região. Os produtores colheram em média 3,8 toneladas/hectare, o que compensou a queda na área plantada. “Santa Catarina tem um espaço territorial limitado para o cultivo e nossas lavouras são muito diversificadas. Os produtores perceberam que o segredo está no uso de tecnologias para ampliar a produtividade e colher mais no mesmo espaço de terra”, ressalta o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa.

A produção de milho e soja é muito importante para Santa Catarina. Destaque na produção de proteína animal, o estado é o maior consumidor de milho do país e o grão é indispensável para manter a competitividade do agronegócio no estado. “Não existe produção de suínos e aves sem soja e milho”, destaca Sopelsa.

Os números estão disponíveis no Boletim Agropecuário do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa) deste mês. Os municípios considerados como integrantes da região de Canoinhas são: Bela Vista do Toldo; Canoinhas; Irineópolis; Itaiópolis; Mafra; Major Vieira; Monte Castelo; Papanduva; Porto União; Santa Terezinha; Timbó Grande e Três Barras.

 

Milho safra 2016/17

Santa Catarina encerra colheita de milho e tem safra 2016/17 de 3,2 milhões de toneladas. Como maior consumidor de milho do país, o estado comemora o incremento de 17,2% na produção. Ao todo, foram mais de 379 mil hectares destinados ao cultivo do grão e a produtividade média foi de 8,5 toneladas/hectare.

 

Soja safra 2016/17

Os produtores catarinenses colheram a maior safra de soja da história. A produção chegou a 2,4 milhões de toneladas, 13,4% a mais do que no último ano. Na safra 2016/17, o grão ocupa 660,2 mil hectares no estado, a maior área plantada já registrada, e o rendimento médio foi de 3,6 toneladas/hectare.

A soja é ainda um grande produto na pauta de exportações de Santa Catarina. Em junho, de tudo o que o estado exportou, 11,4% era do complexo soja. No acumulado do ano, de janeiro a junho, o volume exportado foi 15% superior ao volume exportado no mesmo período de 2016, passando de 1,2 milhão de toneladas. Os principais destinos da soja catarinense são China, Rússia, Coreia do Sul e Tailândia.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo