• prestação-contas-pu.png

Prefeitura de Porto União realiza prestação de contas


Foi apresentado as contas do segundo quadrimestre de 2017 da administração municipal de Porto União

em Porto União e União da Vitória por

Foi realizado na manhã desta quinta-feira, 28, a Audiência de Prestação de Contas do 2º Quadrimestre de 2017 da Prefeitura de Porto União.

A audiência foi realizada na Câmara de Vereadores de Porto União, às 10 horas e apresentada pela secretaria de Finanças e Contabilidade Sofia Sydol e pela contabilista Andriéli Giacomini. Representou o Legislativo Municipal o vereador Paulo Kovalski (PSDB).

A Secretária apresentou os números e os gastos dos últimos quatro meses na administração municipal. Ela detalhou os gastos e investimentos feitos por cada secretaria municipal.

Sydol afirmou que o repasse do Fundo de Participação dos Município (FPM) vem diminuindo, mas que a administração municipal está conseguindo pagas suas dívidas e fazer investimentos com a ajuda da receita própria, que teve uma leve alta, em relação a estimativa feita anteriormente.

Os investimentos na saúde e educação ficaram acima dos índices obrigatórios, segundo rege a lei federal, sendo que a saúde, foram investidos 26,9%, sendo que o mínimo obrigatório é 25%.

Com relação as Metas de Arrecadação apresentadas, era prevista para o período arrecadar um pouco mais de R$ 36,5 milhões. Já a arrecadação resultou num total de um pouco mais de R$ 27milhões. A receita arrecadada ficou R$ 9,4 milhões abaixo da previsão para o período. Mas as despesas liquidadas no período tiveram saldo positivo, ou seja, enquanto as receitas do período registram a cifra de um pouco mais de R$ 27 milhões as despesas contabilizam a soma de R$ 22 milhões, proporcionado um superávit de R$ 5.136.313,80, que corresponde a 18,92% do montante total da Receita Arrecadada.

Outro dado apresentado pela secretária diz respeito aos gastos com pessoal, que tem o limite prudencial que é 51,30% da receita. A administração municipal está usando 46,6% da receita para pagamento da folha salarial. Bem abaixo do porcentual limite.

Vá para o Topo