• ipva-placa-final-7.jpg

Prazo de parcelamento do IPVA de veículos com placa final 7 termina segunda-feira


Pagamento de taxa é requisito obrigatório para licenciamento, para pagamento em cota única prazo é 31 de julho

em Estado SC por

Os proprietários de veículos com placa final 7 que desejarem pagar o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2017  em três vezes sem juros devem efetuar o pagamento da primeira parcela até a segunda-feira, 10. Outras parcelas devem vencer no dia 10 dos próximos meses, o prazo para o pagamento em cota única é 31 de julho. Nesse dia 10 também vence a segunda parcela do IPVA de veículos com placa final 6 e terceira parcela para final 5.

A Secretaria de Estado da Fazenda (SEF), responsável pelo recolhimento do imposto, lembra que os vencimentos dependem do final da placa do veículo, mas os contribuintes podem antecipar o pagamento a qualquer momento. A guia de pagamento, taxas, multas e seguro DPVAT podem ser emitidos na internet e paga nas agências bancárias conveniadas: Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Santander, Caixa Econômica Federal, Sistema Bancoob/Sicoob, HSBC, Sicredi e Cecred.

O pagamento do IPVA é um requisito obrigatório para licenciar veículos, e o não pagamento implica em notificação fiscal ao proprietário, cobrança de multa de 50% do valor devido, acréscimo de juros Selic ao mês/fração. Para consulta sobre valores do IPVA de veículos acesse a tabela disponível aqui.

Os prazos de vencimentos do IPVA dependem do final da placa do veículo, mas os contribuintes podem antecipar o pagamento a qualquer momento. A guia de pagamento, taxas, multas e seguro DPVAT podem ser emitidas pela internet e pagas nas agências bancárias conveniadas: Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Santander, Caixa Econômica Federal, Sistema Bancoob/Sicoob, HSBC, Sicredi e Cecred.

 

Imposto está 4,4% menor em SC

Em Santa Catarina os proprietários de veículos emplacados no estado irão pagar em média 4,4% menos de IPVA em 2017. A redução é atribuída a queda do valor de mercado dos automóveis, uma vez que a base para o cálculo do imposto é a tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE).

Tags:
Vá para o Topo