• vacinação-HPV.png

Pessoas entre 15 e 26 anos podem se vacinar contra o HPV


Ampliação da faixa etária de vacinação contra o HPV segue calendário de validade das vacinas

em Porto União e União da Vitória por

Seguindo determinação do Ministério da Saúde, a faixa etária de vacinação contra HPV (Papiloma vírus humano) foi ampliada para pessoas entre 15 e 26 anos, seguindo calendário de validade das vacinas. Os municípios que tenham a vacina de HPV em estoque com prazo de validade até setembro podem aplicá-la em homens e mulheres com até 26 anos. Terminado o estoque que está prestes a vencer, as vacinas deverão voltar a ser administradas apenas para o público-alvo, de 9 a 15 anos.

Para a faixa etária de 15 a 26 anos, a orientação do Ministério da Saúde é o esquema vacinal com três doses, com intervalo de dois e seis meses. As pessoas que tomarem a primeira dose neste período, excepcionalmente, terão as duas doses subsequentes garantidas no Sistema Único de Saúde (SUS).

O Ministério da Saúde repassa mensalmente as vacinas aos estados, conforme solicitação local. Os estados, por sua vez, são responsáveis por distribuir as doses aos municípios para garantir a vacinação da população.

Na região da 6ª Regional de Saúde, que abrange os municípios de União da Vitória, General Carneiro, Bituruna, Porto Vitória, Cruz Machado, Paula Freitas, Paulo Frontin, São Mateus do Sul e Antônio Olinto, a vacina já está disponível para as novas faixas de idade. Pessoas entre 15 e 26 anos poderão receber a vacina, dividida nas doses tradicionais, para isso basta comparecerem nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros onde residem.

No município de Porto União as vacinas de HPV estão com o estoque limitado, portanto ainda não há previsão para atender as novas pessoas incluídas que desejarem a vacina. Para aqueles que já tomaram a primeira dose da vacina, o procedimento para as doses complementares segue dentro do padrão.

 

Vacinação

A vacina de HPV foi incluída no Calendário Nacional de Imunização, do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, em 2014. A vacinação é voltada para meninos com idades entre 11 a 13 anos e meninas de 9 a 14 anos. Ela deve ser mantida com duas doses, sendo aplicada com intervalo de seis meses entre elas.

Segundo o ministério, a vacina HPV Quadrivalente é segura, eficaz e é a principal forma de prevenção contra o aparecimento do câncer do colo de útero, a quarta maior causa de morte entre as mulheres no Brasil. Nos homens protege contra os cânceres de pênis, orofaringe e ânus. Além disso, previne mais de 98% das verrugas genitais, doença estigmatizante e de difícil tratamento.

Homens e mulheres de 9 a 26 anos, vivendo com HIV/Aids, transplantados de órgãos sólidos, de medula óssea e pacientes oncológicos de 9 a 26 anos também fazem parte do público-alvo da vacina. Os serviços que atendem essa população devem ofertar a vacina HPV na rotina de trabalho.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo