Pela primeira vez, Porto União da Vitória tem um árbitro nacional de Basquete


em CSJ por

Jorge Michael Schwartz (filho de Jorge S. Schwartz e Nanci Matozo), natural de União da Vitória/PR, 24 anos de idade, tornou-se o primeiro árbitro nacional de basquete das cidades gêmeas, do planalto norte de Santa Catarina e da região sul do Paraná, desde 16 de agosto de 2018.

Nos dias 3, 4 e 5 de agosto, em Florianópolis, Jorge e mais vinte e um postulantes participaram do Acampamento de Arbitragem de Atualização e Promoção – Teste para árbitro Nacional, e nosso ex-atleta de basquetebol das cidades conseguiu passar com louvor nas provas física, teórica e prática, com avaliação in loco em jogos promovidos na ocasião.

Jorge já tinha sido testado a aprovado em outras ocasiões quando ainda era possuía o título de árbitro regional, apitando a final do Jogos Abertos de Santa Cataria – JASC no ano passado, em Lages/SC, no jogo entre as potências Blumenau e Chapecó, para apitar dois jogos da Liga Nacional de Basquete Feminino – LBF na cidade de Blumenau, em fevereiro deste ano.

Em breve poderemos observar o representante das cidades gêmeas na TV, ao VIVO, em jogos da liga nacional de basquete, tanto no masculino (NBB) e no feminino (LBF).

Parabéns ao árbitro nacional, que também orgulha e contribui a tradição do basquetebol das Gêmeas do Iguaçu.

MASCULINO E FEMININO SUB-12 GANHAM TODOS OS JOGOS EM LAGES/SC

As crianças de 10, 11 e 12 anos que representam o município de Porto União/SC e o Clube Concórdia/APAB/LOTÉRICA DO CALÇADÃO/ABBAS, embarcaram no ônibus da BITUR as 5 horas da manhã de domingo (19), cujo qual foi custeado pela APAB através dos pais e amigos do basquetebol.

Após 5 horas e meia de viagem, chegando na cidade de Lages/SC, imediatamente os pequeninos comandados pelo professor Cordovan Neto, fizeram bonito ao vencerem o primeiro jogo contra o Município de Rio do Sul/SC.

Em seguida, as “baixinhas gigantes” da professora Uná, entraram na quadra e também venceram a representação de Rio do Sul/SC na categoria feminina.

Após a cansativa viagem, tiveram direito a um belo almoço (e adivinhem, claro que a prefeitura não ajudou com um real sequer).

Após o almoço, os comandados do professor Neto, venceram a representação de LAGES/SC.

E logo após, as comandadas da professora Uná venceram, novamente, a equipe de Rio do Sul/SC.

Por fim, os “piazinhos” de Porto União/SC, venceram o principal time de Lages, num belíssimo confronto, resultando no placar final de 57 a 47 para Porto União/SC.

Portanto, totalizando 10 horas de viagem, 5 jogos praticamente seguidos, nossos pequenos podem ser considerados como heróis e heroínas, pois diante de tanto sacrifício conseguiram 5 vitórias.

Diante disso, só nos resta concluir que o processo de renovação do basquetebol de Porto União continua mais vivo do que nunca!

Não vou nem tocar no assunto, já cansativo e chato de relembrar, mas parece que alguém não conseguiu acabar com o basquete.

REALIDADE 1

Segue o terceiro lugar.

Meu deus que “passeio” que o “manto sagrado levou” nos vinte primeiros minutos contra o Atlético/PR, 3×0.

Três dias antes, Flamengo eliminou o bom time do Grêmio, para depois acontecer tal “apagão”.

Mas tudo, não dá pra vencer todas.

RAPIDINHAS:

Mais uma vitória do basquetebol feminino de nossas musas!

Na categoria máster 40+, nossas meninas com o espírito mais jovem do que nunca, comandadas por Mauren Furlan, foram a palmas e sagraram-se campeãs, após vencer a cidade a anfitriã.

Entre as ainda atletas, destacaram-se: Anne, Mitsa, Polzin, Jane, Fernanda, Emanuelly, Sirlene, Jacqueline, Andreia e Tatiane.

Também quem brilhou a nível Mundial foi o voleibol feminino de duplas, sagrando-se campeãs mundiais foram DUDA E AGAHTA.

Começa a deslanchar o bom trabalho do Prefeito Santin Roveda em todas as áreas.

No esporte, com o pastuchão quase sendo entregue, e no estádio antiocho em adiantada reforma, com o departamento de obras (Salvatii) atuando em quase todos os Bairros, a cidade começa a se transformar.

A ponte de extrema necessidade já começa a tomar forma, o que se nota através da armação em madeira posta ao lado da ponte de ferro, que já nos dá uma ideia do local onde ela será fixada.

Caso Prefeito Santin, sua equipe, seus aliados políticos continuarem como estão, poderão terminar seu mandato com alto índice de aprovação.

Por falar em eleição, já tenho um candidato pelo menos para votar no próximo mês de outubro. Trata-se do dr. Ogier Buchi, canditado a governador do Paraná. Ogier Buchi, foi por muitos anos presidente da federação paranaense de Basquete, entregou a seleção do paraná para o técnico de Uniao da Vitória/PR. À época era muito difícil sair das mãos dos grandes Centros, como Curitiba, Ponta Grossa, Maringa e Londrina.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*