• boletos.jpg
    Implantação da nova plataforma seguirá um cronograma: a partir de 10 de julho, para boletos acima de R$ 50 mil; 11 de setembro, superior a R$ 2 mil; 13 de novembro, acima de R$ 200; e em 11 de dezembro, todos os boletos

Novo sistema de cobranças extingue 2ª via do boleto


Pagamentos poderão ser realizados mesmo com boletos já vencidos

em Porto União e União da Vitória por

O novo sistema de cobranças pagamentos de boletos entrará em vigor na segunda-feira, 10, e agora o boleto, mesmo vencido, poderá ser pago em qualquer banco. Além disso, o cálculo de juros e multa do boleto atrasado será feito automaticamente, o que reduzirá a necessidade de ir a um guichê de caixa e eliminará a possibilidade de erros no cálculo.

A implantação do novo sistema é de responsabilidade da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), segundo o diretor adjunto de Operações da Febraban, Walter Tadeu, a nova plataforma vem sendo desenvolvida desde o ano passado, devido ao elevado número de fraudes em boletos. “A Nova Plataforma vai trazer mais segurança”, disse.

Há 20 anos em operação, o sistema que estava em operação permitia fraudes. Com o sistema atual, as informações de todos os boletos emitidos pelos bancos estarão na plataforma única, criada pela federação em parceria com a rede bancária. Na hora de pagar o boleto, esses dados serão checados na plataforma. Se houver divergência de informações, o pagamento não será autorizado e o consumidor só poderá pagar o boleto no banco que emitiu a cobrança, uma vez que somente essa instituição terá condições de fazer as checagens necessárias.

A Febraban defende que a nova plataforma vai reduzir fraudes na emissão de boletos de condomínios, escolas e seguradoras, por exemplo. As empresas não serão obrigadas a aderir ao sistema, nesses casos, entretanto, o pagamento só poderá ser realizado, mesmo antes do vencimento, na agência do banco que emitiu o boleto.

 

A entrada dos boletos no novo sistema é gradual:

Boletos a partir de R$ 50 mil: 10 de julho

Boletos de R$ 49.999,99 a R$ 2 mil: 11 de setembro

Boletos de R$ 1.999,99 a R$ 500: 9 de outubro

Boletos de R$ 499,99 a R$ 200: 13 de novembro

Boletos abaixo de R$ 200: 11 de dezembro

Tags:

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo