Nos Bastidores


em Primeiro Plano por

Esta semana me contaram que apesar do silêncio que impera na Câmara de Vereadores de União da Vitória, um assunto polêmico continua a circular pelos bastidores e criou mal estar para alguns vereadores que não aceitaram os ‘absurdos’ propostos.

MELHOR DO QUE OS OUTROS?
A forma como PT trata a questão do ex-presidente, e agora criminoso condenado, Lula, é de um absurdo extremo. Os ‘companheiros’ continuam falando que o Lula não pode ser preso. Continuam ameaçando que a prisão dele será um ataque à democracia. Continuam divulgando que se ele for preso causarão problemas, conflitos, conclamarão os seus ‘soldados’ para irem às ruas.
Só isso já é motivo suficiente para que a população mais pobre se revolte, isso porque quando uma pessoa simples é condenada, ela vai presa epaga pelo seus erros. E então, qual é a diferença para que o Lula, que se diz defensor dos mais simples, o mais humilde dos homens e que veio do meio dos pobres, não cumprir a pena pelo erro que cometeu.
Se um ladrão de galinha é preso, porque um ladrão do dinheiro da saúde e da educação não deve ser preso?

COINCIDÊNCIAS
Levantei esta questão há alguns dias nesta coluna. Chegou o ano da eleição e os ataques judiciários contra alguns possíveis candidatos e até mesmo políticos começaram. Pena que a justiça neste país engaveta alguns processos, alguns sérios, outros nem tanto, para que sejam usados de maneira política. E não me venham falar em coincidências.