• jornais25.08.17.png

Manchetes: Nova regra pode elevar conta de luz


Confira as manchetes dos principais jornais do país desta sexta-feira

em Nacional por

Confira as manchetes dos principais jornais do país desta sexta-feira, 25: Nova regra pode elevar conta de luz.

Notícias dos jornais O Globo, O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo.


O Globo

Manchete: Segundo naufrágio em 48h mata 18
Menos de 48 horas após um barco clandestino com 48 pessoas a bordo afundar no Rio Xingu, no Pará, uma embarcação com 124 passageiros emborcou ontem na Baía de Todos-os-Santos, a 200 metros da Ilha de Itaparica, quando iniciava viagem para Salvador. Até à noite tinham sido encontrados 18 corpos, entre eles o de um menino de dois anos, fotografado nas mãos de um socorrista. Foram resgatadas com vida 89 pessoas. Segundo testemunhas, os passageiros se assustaram quando fortes ondas atingiram a lateral do barco e correram todos para o lado oposto. Novas ondas fizeram a lancha virar. A Capitania dos Portos diz que o transporte era regular, não havia superlotação e não faltavam coletes salva-vidas. No Pará, o número de mortos subiu para 21.

Nova regra pode elevar conta de luz
O modelo de privatização em estudo para a Eletrobras pode elevar as tarifas em até 16%, prevê a Aneel. Em entrevista a Manoel Ventura e Eliane Oliveira, o presidente da agência, Romeu Rufino, disse que a privatização deve gerar eficiência, mas isso nem sempre leva a preço menor.

A pregação de Meirelles
Em meio à crise, o ministro Meirelles tem aberto espaço na agenda para evangélicos. Ontem teve o 4º compromisso do tipo desde junho.

 

O Estado de S. Paulo

Manchete: Maioria do STF se mantém contra doação empresarial
Pelo menos seis dos 11 ministros do STF são contra a doação empresarial para financiamento de campanhas eleitorais, proposta em discussão no Congresso. Essa modalidade foi proibida em 2015 pela Corte, mas houve mudança na composição dos ministros. Apesar das críticas à criação de um fundo público para financiar as eleições, a maioria dos ministros mantém o entendimento sobre a inconstitucionalidade da doação empresarial, caso o STF seja provocado. O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), tem feito consultas sobre a opinião dos magistrados. A preocupação é que essa forma de financiamento seja aprovada para 2018 e depois o STF a derrube. Paralelamente, parlamentares pensam em aumentar o valor do Fundo Partidário.

Governo planeja trâmite rápido para acelerar concessões
Alguns projetos incluídos no pacote de concessão lançado pelo governo poderão ter uma espécie de “fast track” (trâmite rápido) para acelerar os leilões. O objetivo é garantir que o dinheiro arrecadado entre no caixa da União até o fim de 2018. Entre as possibilidades, está a redução de 100 para 60 dias do prazo de entrega de proposta para a concessão.

De novo: naufrágio na Bahia deixa pelo menos 18 mortos
A lancha Cavalo Marinho 1 levava 124 pessoas e virou ontem entre a Ilha de Itaparica e Salvador. Chovia e ventava na hora do acidente. Sobreviventes contam que o socorro demorou a chegar. A embarcação estava regularizada e com capacidade máxima.

 

Folha de S. Paulo

Manchete : Justiça agiliza processo de Lula no caso tríplex
O processo que condenou o ex-presidente Lula (PT) no caso do tríplex teve o trâmite mais rápido dentre 31 apelações da Lava Jato com origem em Curitiba. Foram 42 dias da sentença atê a chegada do recurso à segunda instância. O percurso atê o TRF (Tribunal Regional Federal) da 4a Região correu em metade do tempo mediano — houve caso que levou 187 dias. Lula foi condenado a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem. Dias depois da sentença de Sergio Moro, o presidente do TRF-4, Carlos Thompson Flores, disse que a apelação seria julgada em atê um ano e que a proximidade da eleição presidencial poderia influenciar o trâmite da ação. Pela Lei da Ficha Limpa, eventual condenação em segunda instância tomaria Lula inelegível em 2018. Moro não comentou a tramitação das ações. A defesa de Lula tem dito que o juiz atropela o rito processual.

Bolsonaro irá aos EUA divulgar sua candidatura
O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) prepara roteiro nos EUA em outubro para divulgar a eleitores brasileiros no país e investidores sua possível candidatura à Presidência. Estão previstos um debate em Nova York, encontro com o prefeito de Boston e evento de simpatizantes em Miami.

Tarifa de energia pode subir acima do esperado, diz Aneel
O impacto tarifário da mudança no regime de venda de energia por hidrelétricas pode ser bem superior aos 7% projetados pelo governo. A Aneel (agência reguladora) simulou três faixas de preços para novos contratos, e a projeção de alta chega a atê 16,7°/o. 

Vá para o Topo