• cartões-crédito.png

Juros do rotativo do cartão caem para quem paga a fatura em dia: 223,8% ao ano


Taxa cobrada dos consumidores que não pagaram ou atrasaram o pagamento mínimo da fatura subiu

em Nacional por

A taxa de juros do rotativo do cartão de crédito para quem paga pelo menos o valor mínimo da fatura em dia voltou a cair em julho. Ela chegou a 223,8% ao ano no mês passado, com redução de 6,4 pontos percentuais em relação a junho, de acordo com dados divulgados pelo Banco Central (BC).

Já a taxa cobrada dos consumidores que não pagaram ou atrasaram o pagamento mínimo da fatura subiu 39,3 pontos indo para 504% ao ano, em julho. Com isso, a taxa média da modalidade de crédito ficou em 399,1% ao ano, com alta de 18,3 ponto percentual em relação a junho.

O rotativo é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão. Desde abril, os consumidores que não conseguem pagar integralmente a fatura do cartão de crédito só podem ficar no crédito rotativo por 30 dias. A nova regra, fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) em janeiro, obrigou as instituições financeiras a transferirem a dívida para o crédito parcelado, que tem taxas menores.

O chefe adjunto do Departamento Econômico do BC, Fernado Rocha, destacou que a redução do saldo do crédito rotativo do cartão indica que os “bancos estão conseguir oferecer novas modalidades aos clientes”. De abril a julho, o saldo do rotativo para adimplentes caiu 17% e para os inadimplentes, 7,3%. Já o saldo do crédito parcelado do cartão subiu 32,9%, no período.

Vá para o Topo