Irineópolis implanta Núcleo de Apoio à Saúde da Família


em SC Planalto por

Agora Irineópolis também conta com um time multiprofissional para auxiliar as equipes da atenção básica. O Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) já está atuando no município, integrando crianças, jovens, adultos e idosos em atividades diferenciadas que visam a melhoria da qualidade de vida da população.

Os Nasf foram criados pelo Ministério da Saúde com o objetivo de apoiar a consolidação da Atenção Básica no Brasil, ampliando as ofertas de saúde na rede de serviços, assim como a resolutividade, a abrangência e o alvo das ações. Em Irineópolis a equipe é composta por nutricionista, psicólogo, educadora física e assistente social, que têm suas atividades pautadas nas demandas apresentadas pela comunidade.

Para que o trabalho atinja os resultados esperados, o diálogo entre os agentes de saúde e os cidadãos é fundamental. Durante as visitas domiciliares a população pode indicar os tipos de encontros que gostariam de participar, como reuniões de grupos, palestras, oficinas, momentos com atividade física, entre outros. Com base nestes apontamentos a equipe do Nasf, em conjunto com os demais profissionais das unidades de saúde, deve desenvolver uma série de ações tanto no perímetro urbano quanto na área rural do município.

Apesar do pouco tempo desde sua implantação no município, a equipe do Nasf já vem mostrando trabalho. Somente nesta semana, a equipe já atuou em diferentes espaços, promovendo atividades físicas para idosos, palestra para o grupo de saúde mental, visitas domiciliares, orientações diversas e ginástica laboral para as equipes que atuam no Hospital Bom Jesus.

De acordo com a nutricionista e coordenadora do Nasf, Giliandra Brand, todo o trabalho será desenvolvido pensando na coletividade. “Devem ser criados outros grupos além daqueles que já funcionam no município, como os de saúde mental, hipertensos e diabéticos. Vamos trabalhar com diferentes públicos e sempre integrados com as equipes de estratégia de saúde da família”, explica. Entre as novidades com a implantação do Nasf estão os trabalhos com gestantes, crianças em risco de desnutrição ou obesidade, além dos atendimentos compartilhados com outros profissionais da rede.

A assistente social, Jaci Binder, também deve desenvolver seu trabalho com base nas demandas apontadas pela comunidade. Visitas domiciliares, acompanhamento de grupos e a busca pela resolução de conflitos familiares são algumas das atividades que devem ser realizadas pela profissional de serviço social que passa a atuar no Nasf.

“É interessante a população trazer as sugestões para os profissionais, para que a gente consiga desenvolver as atividades com aquilo que eles necessitam”, enfatiza o psicólogo Emerson Miguel, que também faz parte da equipe do Nasf. Ele destaca que a principal mudança com a implantação do núcleo é a possibilidade de realizar mais ações e atendimentos de forma coletiva. Para a educadora física, Cristiana Figura Fuck, as ações integradas devem proporcionar a melhoria da qualidade de vida da população. Cristiana pretende iniciar grupos de ginástica laboral, ginástica aeróbica, step e também atividades físicas para a terceira idade, como dança, alongamento, dinâmicas e brincadeiras.

A secretária de saúde, Giseli Kempinski, destaca a importância da implantação do Nasf em Irineópolis. “A equipe conta com profissionais de diferentes áreas que devem compartilhar práticas e saberes em saúde. Em poucos dias já percebemos a motivação da equipe para realizar um trabalho intersetorial que fará a diferença no dia a dia da comunidade”, comenta a secretária.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo