Índice do IGC-MEC aponta Unicesumar em primeiro lugar em União da Vitória


Todos os anos é feito um levantamento entre todas as instituições de ensino superior e a pesquisa aponta as melhores do Brasil, com cursos presenciais e EAD

em Porto União e União da Vitória por

Revolução digital é o assunto da vez após a divulgação do Ministério da Educação (MEC), no fim do ano passado, do Índice Geral de Cursos (IGC), considerada a mais importante avaliação de ensino superior. Foram avaliadas 2.066 instituições no País, tanto as públicas quanto as privadas. De acordo com o IGC, a Unicesumar permanece, pelo oitavo ano consecutivo com nota 4, resultado que apenas 18,9% das instituições brasileiras conseguiram alcançar. “O índice do MEC é divulgado todos os anos e tornou-se uma ferramenta poderosa. Com estes dados, o estudante pode escolher qual curso e universidade ele vai fazer. Até porque, os cursos também são avaliados e recebem pontuações de 1 a 5”, explica o diretor da Unicesumar dos polos de São Bento do Sul, Mafra, Canoinhas, Curitibanos, Caçador, Videira e Lages, Andrey Schmitt.

Em União da Vitória, com nota 4, ficou em primeiro lugar entre as 4 melhores que atuam na cidade. As notas 4 e 5 são consideradas de excelência no ensino, pelo Ministério da Educação, e nenhuma instituição de ensino superior do Brasil, que oferece EAD, conseguiu, por tantos anos consecutivos, manter-se nesse nível de excelência.

 “Além de estarmos com a nota de excelência no principal indicador de qualidade do MEC, o IGC, ganhamos prêmio como melhor instituição superior do mundo em relacionamento com o aluno e também como melhor material didático do Brasil. Temos também 26 cursos entre os melhores do País, no Guia do Estudante.  A Unicesumar está entre as 10 maiores do Brasil, e entre estes, tem a melhor nota do MEC, e a qualidade é mantida em todas as 550 cidades em que está presente. Mesmo com a exigência do MEC  de que apenas 30% do corpo docente seja formado por mestres ou doutores, a Unicesumar preenche com 80%, bem além do que seria obrigada. Estes indicadores comprovam a preocupação da instituição com a qualidade do ensino”, avalia o empresário.

O IGC é divulgado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão vinculado ao MEC, sintetizando em um único indicador a qualidade de todos os cursos de graduação (presenciais e a distância), mestrado e doutorado da mesma instituição de ensino. O cálculo do IGC é realizado anualmente e considera a média dos dados do Conceito Preliminar de Curso (CPC) do último triênio.

Também são consideradas as médias dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu, a partir de dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu. Esse último critério se baseia em dados do censo da educação superior e da Capes. Esta avaliação apontou que 0,5% das instituições de ensino superior obtiveram conceito 1; 13% ,conceito 2; 66%, conceito 3; 18,9%, conceito 4 e 1,6%, conceito 5, em todo o Brasil. 

Mas a grande novidade na divulgação do índice foi a possibilidade de extinção de algumas carreiras nos próximos anos. Estima-se que até 2030, 800 milhões de profissionais possam perder seus empregos por causa da automação e robótica. “Muitos cursos superiores poderão não existir mais como é atualmente, porque precisam mudar a metodologia. A Unicesumar pensa sempre nesta evolução da tecnologia e já oferece cursos com a metodologia ativa, onde o aluno participa muito mais e tem contato com tecnologia e realidade aumentada”, finaliza Schmitt.

Unicesumar

A  Unicesumar possui 550 polos de EAD, 120 mil alunos, 3 mil colaboradores e presença em todos os estados brasileiros. Atualmente, são 56 cursos de Graduação (Bacharelado, Licenciatura e Tecnólogo) e 86 cursos de Pós-Graduação, além de 500 cursos livres e cursos desenvolvidos sob demanda para empresas. Possui quatro campi de ensino presencial nas cidades de Maringá, Curitiba, Londrina e Ponta Grossa, no Paraná. Seu corpo docente é formado por mais de mais de 800 professores, sendo 80% mestres e/ou doutores.

Confira os resultados das principais instituições credenciadas pelo MEC  para atuar em União da Vitória e Porto União:

FACULDADE INDICE IGC
UNICESUMAR 3,2001 4
UNIGUAÇU 3,1119 4
UNIFACS 3,0504 4
UNIANDRADE 3,0072 4
IFPR 2,8951 3
SENAC 2,2617 3
UNIP 2,8514 3
UNIFACEAR 2,8505 3
UNINTER 2,8030 3
FMU 2,7527 3
UNIASSELVI 2,7025 3
UNESPAR 2,6748 3
UNC 2,6118 3
UNIUV 2,5932 3
UNOPAR 2,5340 3
UNIVERITAS – UNG 2,3798 3

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo