• f13-06-18-tempo.jpg

Frente Fria avança pela Região Sul e espalha temporais


Em Santa Catarina e Paraná, as chuvas ocorrem de forma intermitente

em Porto União e União da Vitória por

De acordo com o Simepar, nesta quarta-feira, 13, as temperaturas diminuem no Paraná, entretanto, geadas não são previstas para nenhuma das regiões paranaenses. O leste do Paraná recebe alerta de chuva forte, inclusive Curitiba e o Vale do Itajaí. As instabilidades persistem nestas regiões e garantem mais um dia chuvoso, acompanhado de raios, ventos forte e até queda de granizo. Há risco para alagamentos e até mesmo deslizamentos de terra. Também chove nas demais áreas do Paraná no começo do dia, mas as chuvas diminuem com o passar das horas.

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) alerta que as condições de tempo adversas devem ocorrer, havendo “risco alto para ocorrência de tempo severo que possam provocar danos e acidentes”. É recomendado atenção especial para ocorrência de descargas elétricas e chuva intensa em curto intervalo de tempo.

O frio deve se prolongar ao longo da semana sobre a Região Sul, Mato Grosso do Sul e São Paulo. No Rio Grande do Sul, Santa Catarina e sul do Paraná tem condições de formação de geada na quinta-feira, 14. O INMET aponta que nos munícipios de União da Vitória, Palmas e Pato Branco pode haver geadas fracas.

Na sexta-feira o frio continua mais intenso entre o sul da região oeste, no sudoeste, na região central, no sul e no sudeste onde as condições são favoráveis à formação de geadas. Essa condição que se mantém até pelo menos o sábado, 16, quando os modelos numéricos indicam ampliação da área de ocorrência e intensificação do fenômeno.

 

Ações recomendadas

* Em caso de rajadas de vento: (não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda).

* Se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

* Obtenha mais informações junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193).

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*