Festas Caipiras são destaques durante o inverno em Cruz Machado


Costume se estendeu para os meses de julho e agosto

em Região por

As baixas temperaturas de inverno, principalmente na região sul do estado do Paraná, com direito até a geadas ajudam a compor o cenário das festas típicas de inverno, conhecidas como festas juninas. As festividades entraram tanto no gosto popular, que as festas foram se estendendo, batizadas de festas Julinas e até Agostinas, tudo para aproveitar ao máximo a estação.

A origem das festas juninas no Brasil é datada no século XVI, quando colonizadores portugueses trouxeram consigo a festa que inicialmente possuía conotação religiosa e era realizada em homenagem a santos como Santo Antônio e São João. Segundos historiadores, as festas juninas são relacionadas a festividades pagãs realizadas na Europa na passagem da primavera para o verão, durante o solstício de verão. As festas eram realizadas como forma de afastar os maus espíritos e qualquer praga que pudesse atingir a colheita. Com a Cristianização da Europa, a festividade foi incorporada ao calendário Cristão e teve as suas transformações.

As festividades que são consideradas expressões da cultura popular rural, são marcadas pelo ascendimento de uma fogueira, decoração colorida, brincadeiras, comidas e bebidas típicas como pipoca, cocada, milho verde, bolo de milho, algodão doce, maça do amor, quentão e em nossa região, o pinhão. Dificilmente uma festa acontece sem a dança da quadrilha e a maioria das pessoas que participam se vestem à caráter, com trajes típicos coloridos e um chapéu de palha como acessório.

Cruz Machado também adotou as festividades e diversos setores sociais organizam sua festa junina. Escolas, Igrejas, comunidades e até reuniões de família acontecem com o tema.

Abrindo o calendário, nos dias 15 e 16 de junho aconteceu o Festerê na Praça, que este ano chegou a sua 8ª edição. O evento já é tradicional em nosso município e é realizado na Praça Papa Pio XII. Durante os dois dias de festa teve praça de alimentação, exposição de artesanatos, apresentações de quadrilhas, jogos e pratos típicos preparados por entidades municipais. A animação ficou por conta do Grupo Balanço Fandagueiro e pela dupla Júlio Cesar e Montenegro. E as festas continuam até o mês de agosto.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*