• ferias-escolares.jpg
    Passeios culturais, em parques, cinemas e pontos turísticos são formas de aproximar o convívio entre pais e filhos

Férias de julho movimentam rotina das crianças (e da família)


Intercalando atividades lúdicas e passeios, famílias precisam se adaptar nessa época do ano

em Porto União e União da Vitória por

Com a chegada do período de férias escolares das crianças, as famílias têm de reorganizar a rotina para conseguir encaixar as novas atividades desse período. O aumento de tempo livre faz com que algumas crianças se tornem mais agitadas, e a inclusão de atividades lúdicas e passeios pode ajudar a acalmar tanta energia acumulada nos pequenos.

Para que as atividades dos adultos não entediem as crianças, ou para que elas não passem o tempo utilizando apenas aparelhos eletrônicos, a participação dos pais no monitoramento das ações da criança pode fazer com que ela intercale o divertimento com outras atividades produtivas.

Segundo Marli Ramos, coordenadora pedagógica, “férias é tempo de descansar, ter um bom sono, mas também brincar, seja nas plataformas digitais, seja com os amigos e vizinhos”, destaca. Os pais devem procurar um equilíbrio entre os diferentes tipos de lazer disponíveis aos filhos.

Atividades diferenciadas

Com o excesso de tempo livre, muitas crianças ficam agitadas, obrigando os pais a adaptarem a rotina de trabalho para dar a devida atenção aos pequenos. Passeios culturais nos fins de semana, como em parques, cinemas e pontos turísticos, são formas de aproximar o convívio com os filhos de forma geral. Para tornar as atividades culturais mais interessantes, segundo Marli, “a criança tem de ser estimulada pelos pais, que devem mostrar os benefícios e envolvê-las”, diz.

Algumas atividades que incentivam a criatividade e a coletividade, como desenhar, pintar e aprender a cozinhar são algumas das outras opções que os pais podem desenvolver com os filhos nesses dias de folga das escolas.

Vá para o Topo