• f15-05-18-REG-CASAS-RURAIS-2.jpg
    Representantes do Governo do Estado, Banco do Brasil e das prefeituras de Mallet e Porto Vitória entregaram nesta sexta-feira (11) as chaves de 42 moradias a famílias de pequenos produtores rurais dos municípios, na região Centro-Sul do Paraná. Graças aos subsídios governamentais, cada família pagará apenas 4% do valor do imóvel, dividido em quatro prestações anuais de R$ 285. Fotos: Klaus / Cohapar
  • f15-05-18-REG-CASAS-RURAIS-3.jpg
    Representantes do Governo do Estado, Banco do Brasil e das prefeituras de Mallet e Porto Vitória entregaram nesta sexta-feira (11) as chaves de 42 moradias a famílias de pequenos produtores rurais dos municípios, na região Centro-Sul do Paraná. Graças aos subsídios governamentais, cada família pagará apenas 4% do valor do imóvel, dividido em quatro prestações anuais de R$ 285. Fotos: Klaus / Cohapar

Famílias de Irati, Mallet e Porto Vitória recebem casas rurais


As casas foram entregues pela Cohapar de União da Vitória

em Região por

Mais 61 famílias de pequenos agricultores de Irati, Mallet e Porto Vitória receberam suas moradias rurais na sexta-feira, 11. Em Irati, 19 famílias foram beneficiadas por uma ação conjunta do Governo do Paraná com o Governo Federal e a prefeitura, com investimentos de R$ 541 mil nas obras.

As unidades habitacionais possuem 47 metros quadrados e têm dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço externa. Elas foram construídas dentro das propriedades dos produtores em um trabalho integrado que contou com a participação da Cohapar, Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento e Emater.

O presidente da Cohapar, Nelson Cordeiro Justus, afirmou que o Paraná tem se destacado em nível nacional pelo modelo de gestão adotado na construção de casas rurais. “O Paraná é o que mais contratou unidades do Programa Nacional de Habitação Rural, com o atendimento de mais de 13 mil famílias desde 2011 e projetos para a construção de mais 12 mil aguardando análise do governo federal”, informou Justus. O gerente regional do Cohapar Julio Adilson Pires participou da entrega das casas.

Para o prefeito de Irati, Jorge Derbli, o programa ajuda na promoção social dos agricultores, o que também incentiva a economia local. “A melhoria nas condições de vida dos produtores rurais incentiva a permanência deles nas suas propriedades, onde eles contribuem com grande parte da geração de riquezas do município”, afirma.

Após oito anos de casamento, o casal de agricultores Gilberto e Sandra Zampier foi um dos beneficiados pela iniciativa ao realizarem o sonho de ter uma casa própria. Junto com os dois filhos, o casal alternou períodos em que morou junto de favor com parentes e em imóveis alugados na cidade, até chegarem ao ponto de ter que improvisar uma casa dentro de um galpão na pequena propriedade da família.

O desconforto e a incerteza de não ter uma moradia deram lugar a alegria de morar em uma casa de qualidade, graças ao projeto integrado que contou com a assessoria técnica da Cohapar, Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento e Emater. “É uma maravilha saber que agora eu tenho a minha casa própria, sem precisar pagar aluguel, só tenho que agradecer e pensar no futuro”, comemora Sandra.

As 42 novas moradias rurais de Mallet e Porto Vitória foram entregues por representantes do Governo do Estado, Banco do Brasil e das prefeituras. Graças aos subsídios governamentais, cada família pagará apenas 4% do valor do imóvel, dividido em quatro prestações anuais de R$ 285.

O prefeito de Porto Vitória, Kurt Nielsen Junior, destacou o expressivo volume de casas rurais entregues no município. “Com a entrega de 23 unidades hoje, já são 84 famílias beneficiadas nos últimos sete anos, o que tem ajudado no desenvolvimento do nosso município, que depende muito da economia agrícola”, relata o gestor municipal.

Os projetos somam cerca de R$ 1,2 milhão em investimentos do Programa Nacional de Habitação Rural, financiados pelo Banco do Brasil. Também foram fornecidas contrapartidas do governo estadual do programa Morar Bem Paraná, que envolvem a assessoria técnica da Cohapar e acompanhamento social da Secretaria da Agricultura e Abastecimento e Emater.

Segundo o presidente da Cohapar, Nelson Cordeiro Justus, os investimentos em habitação rural têm sido tratados com prioridade desde 2011 e o objetivo é ampliá-los ainda mais. “O Governo do Paraná está focado na construção de casas para aquelas pessoas que mais precisam”, comenta.

“Com os recursos viabilizados para o meio rural, pretendemos manter as famílias no campo, por isso estamos em tratativas com o Governo Federal, com o apoio da governadora Cida Borghetti, para trazer novos investimentos para o estado”, conclui.

Desde que se casaram, há 24 anos, Gorety e Alberto Wlodarczyk moravam na mesma casa de madeira na propriedade adquirida pelos dois em Mallet. Apesar do dinheiro ser suficiente para o sustento da família, eles não conseguiram economizar o suficiente para reformar ou construir uma nova moradia sozinhos.

“O dinheiro da lavoura é pouco, então foi uma grande alegria para gente quando soubemos do programa”, conta Gorety. “Nós nunca nem sonhamos que íamos conseguir uma casa boa dessas, então é só alegria e comemoração”, completa Alberto.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo