Falem Mal


em Primeiro Plano por

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná divulgou na semana passada o Índice Estadual de Gestão Municipal, ano base 2016, que traz um relatório detalhado de todos os municípios do estado em relação a sete índices temáticos como a Educação, que aborda a infra-estrutura escolar, Planejamento, que aborda a coerência entre metas físicas planejadas e resultados alcançados, Saúde, com ênfase nos processos realizados pelas prefeituras na área, Fiscal, que analisa a execução financeira e orçamentária, Ambiente, mede o resultado das ações relacionadas ao meio ambiente que impactam a qualidade dos serviços e a vida das pessoas, GovTI, que mede o conhecimento e o uso dos recursos de Tecnologia da Informação em favor da sociedade e a Cidade, que aborda o grau de envolvimento do planejamento municipal na proteção dos cidadãos frente a possíveis eventos de sinistros e desastres.
Pois bem, União da Vitória alcançou um índice de 0,70, nota B, como efetivo.
Agora, se compararmos União da Vitória com outras cidades do mesmo porte, ficamos em terceiro lugar, atrás apenas de Cianorte e Ibiporã.
Ficamos à frente de Pato Branco, Francisco Beltrão, Paranavaí e Campo Mourão. Cidades maiores, mais ricas, mas que não oferecem a infra-estrutura que União da Vitória oferece. E é isto que temos que vender. Nossa cidade está mais preparada, mais organizada para o cidadão que vivem aqui e também para as empresas.
Então para aqueles que falam que somos uma cidade atrasada, que a grama do vizinho é melhor e mais bonita, é bom começar a dar uma olhada para o gramado que cultivamos. Estamos fazendo a lição de casa sim, precisamos melhorar em alguns índices, mas com certeza estamos no caminho.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*