Coluna Jaime Folle

Escolas


Ensino ou Maternidade

em Jaime Folle por

No Brasil as famílias há muito tempo estão transferindo a maternidade e a paternidade para os professores. E a escola passou a ocupar o papel de mãe e de pai das crianças, isso faz com que as famílias fiquem cada vez mais omissas quanto ao processo educacional, pois o papel do professor é ensinar e nunca foi de educar, o papel de educar é do pai e da mãe.

O problema é que o sistema de um modo geral está avesso, os pais não estão exercendo o verdadeiro papel de educadores, com isso a escola através dos professores tem que se desdobrar para exercer além da função de ensinar, também o papel de educar, recebendo crianças que chegam em suas mãos mal educadas, desobedientes e tiranas, e o pior que tudo isso, crianças protegidas por leis criadas por legisladores que nunca estiveram a frente de um grupo de alunos e aprovam sem noção e razão de ser e tudo acaba estourando nas mãos do professor que se falar em tom mais alto é punido, se chamar atenção é punido, se der uma suspensão ao aluno por agressão quem vai ser punido é o professor e não o aluno.

A cada ano os índices da educação despencam no Brasil, estamos perdendo para países infinitamente menores do que o Brasil, sendo que em algumas disciplinas ficamos em último lugar, e nos testes de QI os alunos brasileiros, tiveram os resultados mais baixos. Hoje um aluno que termina a faculdade está em um nível intelectual muito inferior de um aluno de ensino médio de trinta anos atrás.  Hoje os alunos não sabem mais escrever, o vocabulário não tem mais de trezentas palavras e o excesso de uso do celular com seus aplicativos baixa o QI de uma forma sem precedentes.

O sistema educacional não permite a punição educativa aos alunos. Se um aluno é pego colando, o máximo que acontece é o professor chamar atenção baixinho, pois se falar alto estará expondo aos demais e alguém vai falar com seus pais que irão acionar a promotoria e que acionará a direção quem vai ser punido de novo é o professor e não o pequeno corrupto que vai levar isso como vantagem, e no futuro serão nossos mandatários políticos, juízes, gestores etc.

Criou-se uma ideia que o professor é um educador, educadores são os pais, que tem a responsabilidade da paternidade e maternidade é a família, os professores têm o papel de ensinar um conteúdo previamente preparado e que tem que obedecer um currículo preparado pelo sistema de educação. Porém aqui no Brasil, o professor ocupa o papel inverso de ser um pouco pai, um pouco mãe e se sobra tempo também de professor.

Até a próxima!

 

Última publicação de Jaime Folle

Vá para o Topo