Ocorrências policiais

Dois coelhos numa cajadada só


em Policial por

De acordo com a Polícia Militar de General Carneiro, durante o patrulhamento matou dois coelhos numa cajadada só. No período da tarde de segunda-feira, 03, a equipe foi abordada por uma senhora que relatou que seu marido teria acabado de lhe agredir (empurrões e puxar o cabelo), e psicologicamente usando palavras de baixo calão para se dirigir a solicitante. Diante do relato a equipe se dirigiu até a casa da senhora. Ao chegar, o agressor foi contido e conduzido até a cela da viatura policial. A senhora relatou ainda que seu marido possuía armas de fogo. Diante do fato, autorizou a equipe a efetuar uma busca e de imediato no quarto do casal em um guarda-roupa foram encontradas duas armas de fogo, sendo uma delas uma garrucha calibre 32 que se encontrava alocada em um coldre com 4 (quatro) munições intactas sem número de identificação aparente e a outra arma uma espingarda (sem marca, sem calibre e sem número de identificação aparente). A equipe apreendeu as duas armas e conduziu a solicitante, o agressor e as armas de fogo até a 4ª SDP para que fossem tomadas as providências cabíveis.

 

Cliques roubados

Segundo a Polícia Militar de São Matheus do Sul, o solicitante relatou nesta segunda-feira, 03, às 18h, que saiu de casa com esposa por volta das 14h45 e retornaram às 16h20, do mesmo dia. Ao chegar na casa percebeu que havia sido arrombada. Ao averiguar seus pertences, notou que havia sido furtado uma câmera digital marca Sony e um aparelho celular marca Samsung. O solicitante percebeu que o autor ou os autores utilizaram um facão para arrombar a janela nos fundos da casa. O casal foi orientado e a equipe policial realizou patrulhamento e buscas na região, porém nada foi localizado até o momento.

 

Informação furada, mas válida

De acordo com a equipe policial de União da Vitória, os policiais receberam informações, na noite de segunda-feira, 03, por volta das 22h30, de que o condutor de um carro estaria com drogas, transitando na região central de UV. O suspeito foi abordado e foi feita a identificação do condutor. Feito a revista pessoal e no veículo nada de ilícito foi localizado, porém o suspeito apresentava visíveis sinais de embriaguez. Após o condutor realizar o teste estilométrico foi constatado o fato. Logo, foi dado voz de prisão ao abordado e o veículo foi conduzido ao pátio do 27° BPM por estar com débitos anteriores.

Vá para o Topo