Anúncio Supermercado Chipitoski 1075x140px

Cidasc faz melhorias e adequações em 79% dos estabelecimentos com Inspeção Estadual


em Estado SC por

Nos últimos sete anos, 437 estabelecimentos registrados no Serviço de Inspeção Estadual (SIE) em Santa Catarina passaram por melhorias e adequações. O número representa 79% do total e demonstra a modernização nos processos para fabricação dos produtos de origem animal comercializados no estado. Esta é mais uma ação do Programa SC Rural, executada pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc).

Ao todo, Santa Catarina conta com 551 estabelecimentos registrados e ativos com Serviço de Inspeção Estadual (SIE), ou seja, habilitados para comercializar os produtos de origem animal em todo o estado.  Os estabelecimentos que passaram por melhorias ou adequações contaram com o apoio da Cidasc para ajustas na rotulagem e processo de inspeção, treinamento de Responsável Técnico e inspetor, entre outros. No estado existem ainda outros 612 estabelecimentos com registro suspenso.

Os investimentos do SC Rural nas áreas de defesa sanitária vegetal e animal, capacitação de beneficiários e técnicos, vigilância sanitária agropecuária e fortalecimento da Cidasc passa de R$ 43,6 milhões.

 

Inspeção de Produtos de Origem Animal

Em Santa Catarina, a Cidasc acompanha bovinos, aves e suínos desde seu nascimento, com a devida supervisão profissional, até o abate e a comercialização da carne ao consumidor final. No caso dos bovinos, todos os animais nascidos no estado recebem um brinco que permite a identificação e garante a rastreabilidade do rebanho.

Após um rigoroso processo de inspeção, antes e depois do abate, os produtos partem para os pontos de vendas, onde a Vigilância Sanitária analisa as condições de armazenagem, embalagem, carimbo de procedência e rotulagem dos produtos.

Todo esse sistema visa garantir a qualidade dos produtos comercializados em Santa Catarina e faz do estado um modelo também em inspeção de produtos de origem animal.

 

Programa SC Rural

O Programa SC Rural chega ao fim e a parceria entre Governo do Estado e Banco Mundial já registra investimentos de US$ 189 milhões no período de 2010 a 2017. São 134 mil famílias beneficiadas com capacitações, melhorias de sistemas produtivos, reparo de estradas rurais, apoio para empreendimentos da agricultura familiar, entre outros.

As conquistas obtidas em Santa Catarina levaram o Programa a receber a nota máxima na avaliação do Banco Mundial, sendo classificado como “altamente satisfatório”, e inspirar ações em outros estados e países.

O grande diferencial do Programa está em sua forma de gestão: sob a coordenação da Secretaria da Agricultura e da Pesca, o programa reúne oito instituições (Epagri, Cidasc, Fatma, Polícia Militar Ambiental, Secretaria de Turismo, Cultura e Esportes, Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Secretaria de Infraestrutura) que desenvolvem ações em suas respectivas áreas de atuação, mas todas focadas na melhoria de renda das propriedades da agricultura familiar. Também contribuiu decisivamente para os ótimos resultados o espírito empreendedor da família rural catarinense.

Vá para o Topo