Anúncio São Camilo 1075x140px

Celesc lança quarta edição do Bônus Eficiente, que oferece eletrodomésticos pela metade do preço em SC


A troca segue até o encerramento dos estoques

em Estado SC por

O governador Raimundo Colombo, o vice Eduardo Pinho Moreira e o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, lançaram nesta quinta-feira, 16, em Florianópolis, a quarta edição do projeto Bônus Eficiente – Linha Eletrodomésticos. A partir desta sexta- feira, 17, os consumidores poderão fazer a troca de freezers, geladeiras e aparelhos de ar-condicionado pela metade do preço nas lojas Colombo de SC.

Por meio do Projeto de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a Celesc oferece um subsídio de 50% aos consumidores para a substituição de geladeiras, freezers e aparelhos de ar-condicionado antigos por outros novos e mais eficientes. Cada consumidor adimplente com a companhia tem direito a fazer a troca de um equipamento por unidade consumidora, sendo que os aparelhos usados devem ter mais de cinco anos de fabricação e não conter o selo Procel de energia.

A troca segue até o encerramento dos estoques. O cliente poderá parcelar o valor do produto em até seis vezes, sem juros, no cartão de crédito. A compra inclui o direito a trocar até cinco lâmpadas fluorescentes ou incandescentes por novas de LED. Além disso, para efetivar a transação, o comprador precisa fazer uma contribuição de R$ 50.

 

Doação para o Cepon

A previsão da Celesc é arrecadar cerca de R$ 385 mil, que serão doados para o Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon), hospital especializado em atendimento a pacientes com câncer em Florianópolis.

O presidente da Celesc destacou que a eficientização energética tem sido um tema recorrente, tratado pela empresa em suas várias classes de consumo. “Hoje estamos dando mais um passo importante. As pessoas que vão adquirir ou fazer a troca dos produtos terão cerca de 30% de redução na conta de energia no final do mês. Além disso, é importante a parceria de doação de recursos para o Cepon. Sabemos da importância da Saúde na vida de cada catarinense”, afirmou Siewert.

“Com esses recursos, conseguimos planejar a compra de algum equipamento importante, como mamógrafo. Essas parcerias são importantes”, informou o gerente de administração do Cepon, Irineu José Nunes.

Também estiveram presentes no lançamento do Bônus Eficiente, o chefe da Divisão de Eficiência Energética e Pesquisa e Desenvolvimento da Celesc, Marco Aurélio Gianesini, o diretor presidente das lojas Colombo, Adelino Raymundo Colombo, o diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Whirlpool Corporation, Guilherme Lima, e outras autoridades.

 

Marcas e modelos

Ao todo, são 7,7 mil eletrodomésticos da marca Consul destinados para o projeto Bônus Eficiente – sendo 4,2 mil refrigeradores divididos em três opções com capacidade entre 300 litros e 405 litros; 1,5 mil freezers de modelo vertical com 231 litros; além de dois mil condicionadores de ar split quente/frio de 9mil BTU’s, que poderão ser substituídos pelos antigos “de janela”.

O objetivo do programa é melhorar a eficiência energética e, consequentemente, reduzir o consumo de energia nas residências catarinenses”, afirma o gerente de projetos da Celesc, Mário César Machado Junior. Ele reforça que os aparelhos antigos serão encaminhados para o processo de manufatura reversa, com destinação final adequada de cada componente, seja para reciclagem, reaproveitamento ou descarte.

 

Resultados expressivos

A Celesc realiza o Bônus Eficiente Linha Eletrodomésticos desde 2013 e, nas três edições concluídas, já substituiu cerca de 80 mil eletrodomésticos e mais de 458 mil lâmpadas em 104 mil residências. Ao todo, mais de 400 mil catarinenses foram beneficiados com um investimento superior a R$ 65,6 milhões. A contrapartida dos consumidores também ajudou diversas instituições do estado, com aproximadamente R$ 3,7 milhões arrecadados e doados para entidades sociais.

A energia economizada nas últimas três edições do projeto é equivalente a 60.112,07 MWh/ano e daria para abastecer 250 mil residências durante um ano, quantidade relativa ao município de Brusque, por exemplo.

O desempenho positivo do Bônus Eficiente rendeu para a Celesc, em 2015, a premiação como melhor projeto em eficiência energética do Brasil, segundo a Aneel, no Seminário de Eficiência Energética do Setor Elétrico.

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo