Cejusc promove mediação


Poderes públicos da cidade se reuniram para buscar solução para a regularização de moradias de conjuntos habitacionais em União da Vitória

em Porto União e União da Vitória por

A pedido do Ministério Público de União da Vitória, por meio do Promotor de Justiça Julio Ribeiro de Campos Neto, o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) promoveu duas audiências de mediação buscando alternativas para a célere resolução de moradias que vem sendo ocupadas irregularmente nos conjuntos habitacionais de União da Vitória.

Na primeira audiência, realizada na última segunda-feira, 16, foram ouvidos os Juízes de Direito que trabalham nas Varas Cíveis da Comarca. Já nesta terça-feira, 17, o CEJUSC recebeu representantes do setor de Habitação da Caixa Econômica Federal, que ouviram as demandas da equipe da Companhia de Habitação do Município de União da Vitória (Cihab), os quais se comprometeram a buscar meios de agilizar as desocupações irregulares, permitindo que os munícipes devidamente cadastrados possam ter sua demanda de moradia atendida.

Na audiência, acompanhada também pela Chefe de Secretaria Elizabeth Simão, representando a Justiça Federal local, foram discutidas ainda questões diversas que são atendidas pelo Centro de Cidadania do Fórum, por meio de projetos sociais, os quais tem apoio da Prefeitura de União da Vitória e da Cihab, que buscam a solução de conflitos familiares, de vizinhança, e de segurança pública existentes nos conjuntos, possibilitando a promoção do desenvolvimento de localidades que ainda possuem graves carências socioeconômicas na região.

O Juiz de Direito Carlos Mattioli, que atuou nas audiências como mediador, elogiou o profícuo trabalho que vem sendo realizado pela Cihab, que segundo o magistrado é referência no Estado do Paraná. (Foto e texto: Assessoria do CEJUSC)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo