• camara-2.jpg
  • CAMARA-PU.jpg

Câmara reprova projeto do executivo de Porto União


A Sessão teve bastante discussão referente a um projeto enviado pelo executivo municipal

em Notícias/Plantão por

A Câmara de vereadores de Porto União realizou na noite desta terça-feira, 13, mais uma sessão ordinária. Nela um projeto polêmico iria para apreciação e votação no plenário. Se tratava do projeto de Lei 02/2018, oriundo do Executivo Municipal, que propunha a autorização do Poder Executivo Municipal adentrar com equipamentos públicos em propriedades particulares da maneira que especifica.

Após discussões acaloradas, os vereadores Luiz Alberto Pasqualin (PP), Salime Farah (PSDB), Jacir Barth (PSDB) e Paulo Kovalski (PSDB) votaram a favor do projeto, sendo que Carlos Roderlei Pinto (PR), Sandro Calikoski (MDB), Neilor Grabovski (MDB) e Elio Weber (MDB) votaram contra a proposição, tendo o vereador Fernando Moreira (PR) que absteve-se de votar. O vereador Gildo Masselai (PSDB), estava viajando a serviço de seu gabinete. Tendo persistido o empate, segundo manda o regimento interno, o Presidente do Legislativo, vereador Christian Martins (MDB), que normalmente não vota, teve que dar o voto de minerva e votou contra o projeto, que foi reprovado e arquivado.

Foi votado e aprovado na sessão também a Moção de Apoio nº 02/2018 de autoria dos Vereadores, que será encaminhada para o Governador de Santa Catarina em exercício, Eduardo Pinho Moreira, para que seja realizada a reforma do prédio sede do Fórum da Comarca de Porto União.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo