Câmara de Porto União devolve recursos para o executivo


A Câmara de Vereadores de Porto União faz na tarde desta quarta-feira, 27, a devolução de R$ 815.101,09 para o executivo municipal. O recurso é oriundo da economia feita pelo legislativo

em Porto União e União da Vitória por

A cerimônia simples aconteceu no plenário da Câmara de Vereadores. A entrega foi feita pelo presidente do legislativo Luiz Alberto Pasqualin (PP) ao Prefeito Eliseu Mibach (PSDB) e para o Vice-prefeito Percy Storck (PSD). Acompanharam o ato os vereadores Christian Martins; Neilor Grabovski e Sandro Calikoski (todos do MDB).

O Prefeito destacou o trabalho e a parceria do legislativo com o executivo em prol da população de Porto União. “Esses valores podem ter certeza que serão muito bem aplicados porque vai somar ao nosso caixa e já está predestinado para a pavimentação asfáltica em nossa cidade”, falou Mibach.

Os vereadores falaram também da parceria entre o executivo e legislativo. “Este foi meu primeiro mandato e foi um ano de aprendizado. Deixar as nossas diferenças partidárias para trás e vamos trabalhar em prol do município que todos nós ganhamos”, afirmou Neilor.

“Foi um ano fantástico, foi um dos melhores. Conseguimos muitos recursos para Porto União, principalmente dos parlamentares do MBD, que tem nos ajudado muito com a liberação de recursos. Estamos fazendo a nossa parte como representantes da população”, diz Calikoski.

“Ano de agradecimento com o aprendizado que tive com os colegas, principalmente da mesa diretora. Gostamos de ver as cosias andando, ver obra. Isso que motiva anos buscar cada vez mais recursos para Porto União. Foi um ano de projetos, e ano que vamos colher mais frutos”, falou Martins.

Pasqualin destacou também o trabalho dos vereadores que apesar de serem oposição, “ajudaram muito o executivo e Porto União, dando uma sustentação aos projetos e trazendo recursos dos governos federal e estadual, buscando ajuda dos deputados e senadores de seus respectivos partidos para entregar recursos para a administração”, destacou.

Vá para o Topo