Beto Richa assina dois importantes documentos em União da Vitória


Governador Beto Richa autoriza início da obra de ponte em União da Vitória e a renovação do contrato da Sanepar com Porto União

em Porto União e União da Vitória por

O governador Beto Richa assinou neste sábado, 31, a ordem de serviço para o início da construção da nova ponte sobre o Rio Iguaçu, em União da Vitória. A licitação da obra indicava um orçamento de R$ 32,98 milhões e a empresa vencedora fará a ponte por R$ 24,5 milhões (desconto de 23%). O investimento será feito com recursos do Governo do Estado.

A nova ponte, e chamará Ponte Governador José Richa e será a segunda maior do município, com 492,8 metros de extensão. A estrutura será construída entre a Rua Coronel Amazonas e a Avenida Paula Freitas. “Essa ponte atende a uma das principais demandas da população, pois vai desafogar o trânsito entre o centro da cidade e o bairro de São Cristóvão, e vai trazer desenvolvimento para a cidade”, afirmou. Além disso, disse ele, criará uma nova alternativa para acesso a outros cinco bairros (25 mil habitantes no total), a BR-476 e a cidade vizinha de Paula Freitas.

A ponte já existente ficará só para os ciclistas, o que garantirá uma mobilidade urbana muito melhor.  União da Vitória já tem hoje duas pontes. Uma delas, a Domício Scaramella, foi construída no governo de José Richa e inaugurada em 1986.

A execução do projeto se dará por meio de convênio entre o município de convênio de União da Vitória e o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR). O órgão estadual fará o investimento na obra e a prefeitura dará contrapartidas em desapropriações, licenças ambientais e terraplanagem.

O prefeito Santin Roveda disse que o investimento não beneficia só um bairro, mas a cidade inteira. “Todos os moradores são beneficiados. A cidade se unificará como uma grande União da Vitória, é um grande presente à população”, afirmou o prefeito. “Não tínhamos um investimento como este desde o governo José Richa, que construiu a primeira grande ponte”, disse ele.

Em seguida o governador assinou a renovação do contrato da Sanepar com o município de Porto União, que teve a presença do Prefeito de Porto União, Eliseu Mibach, e do presidente do Legislativo Municipal, Christian Martins (MDB) e dos vereadores Elio Weber (MDB), Luiz Alberto Pasqualin (PP); Paulo Kovalski (PSDB) e Sandro Calikoski (MDB).

O contrato assinado com a validade de 30 anos, terá investimentos acima de 60 milhões de reais e nele a companhia prevê algumas metas que a empresa deverá cumprir, além de investimentos em diversas áreas, como ampliação do sistema de esgotamento sanitário e melhoria no abastecimento de água, como foi discutido e aprovado na Câmara de Vereadores.

“Foi uma discussão que levou praticamente todo o ano de 2017, onde a câmara de vereadores participou ativamente na elaboração das reinvindicações necessárias para a renovação do contrato, atendendo os anseios dos munícipes”, avaliou o Presidente do Legislativo de Porto União.