Anúncio São Camilo 1075x140px
  • audiência-sanepar.jpg

Audiência pública sobre a renovação do contrato com a Sanepar é realizada em Porto União


O contrato entre o município e a empresa de saneamento está há 12 anos vencido

em Porto União e União da Vitória por

A prefeitura de Porto União, Sanepar e a Câmara de Vereadores realizaram na tarde desta quarta-feira, 19, a audiência pública sobre a renovação do contrato do município com a empresa de saneamento. O evento foi realizado na Câmara de Vereadores.

A apresentação inicial foi feita pelo gerente regional da Sanepar Bolívar Luiz Menoncin Junior seguida pela equipe técnica da empresa e da prefeitura.

O Vice-prefeito e secretário de Meio Ambiente Percy Storck representou a administração municipal e cobrou da Sanepar que os reparos nas obras sejam feitos com qualidade, principalmente em relação as calçadas do município.

O Presidente da Câmara, Luiz Alberto Pasqualin, cobrou uma solução para a falta de água nos locais mais altos do município no verão. “Precisa ser solucionado esse problema de falta de água no verão e dias quentes nas partes mais altas de Porto União e quero que a empresa, assim que assinado o contrato, trabalhe para solucionar isso”, enfatizou. Bolivar explicou que mais uma bomba será acionada para que isso não ocorra mais.

Segundo o novo contrato de renovação, a empresa deverá fazer investimentos por períodos pré-estabelecidos para melhorar o saneamento e tratamento de esgoto no município.

Se for assinado o contrato, a empresa tem até o ano de 2020, para aumentar e alcançar 25% da rede de coleta e tratamento de esgoto. Em 2022 esse número deverá ser 60%, 70% em 2032, subindo para 80% em 2042 e finalizando esse contrato, com duração de 30 anos em 100%.

Com relação a primeira audiência realizada em 2015, duas alterações foram feitas na proposta: o repasse de 2% ao fundo municipal de saneamento. (antes era 3% nos primeiros anos e 1% nos restante do contrato) e a parceria da empresa em ações da administração do município e apoio no Centenário de Porto União. A empresa também irá adiantar 1% que o município teria direito dos 2%, o que equivale R$ 932 mil, que deverá ser investido em obras de saneamento e projetos ambientais, ligado ao saneamento.

A empresa informou que nos 12 anos em que não houve contrato vigente entre a prefeitura e a Sanepar, não houve investimentos, apenas mantido a estrutura na cidade. Com a assinatura do contrato, a empresa poderá investir em Porto União, como está fazendo em União da Vitória, que nos últimos anos foram mais de R$ 30 milhões investidos. “Temos recursos guardados para que possamos investir em Porto União assim que assinado o contrato”, afirmou Bolivar.

Após a audiência, o contrato deve ser enviado para a Prefeitura que deverá enviar para a Câmara de Vereadores, que ir analisar e votar pela aprovação ou não da assinatura da renovação do contrato.

Participaram da audiência além do Presidente do legislativo, Luiz Alberto Pasqualin, os vereadores Fernando Moreira; Gildo Masselai; Noély Giacomini; Neilor Grabovski e Paulo Kovalski, o secretário de administração Miguel Chokailo Neto e integrantes da Sanepar, da administração municipal e população.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo