Advogado que sofreu queimaduras graves na explosão de gás em novembro, não resistiu aos ferimentos


em Porto União e União da Vitória por

Morreu na madrugada desta sexta-feira, 05, em Curitiba, Fernando José da Silva, de 59 anos de idade. Ele estava internado desde o dia 26 de novembro, após ter sofrido queimaduras no corpo, quando uma explosão decorrente de um vazamento de gás destruiu parte da casa em que ele morava, no bairro São Basílio Magno, em União da Vitória.
Na noite da explosão, ele estava com sua esposa, a Advogada Sandra Marafon que chegou a ser encaminhada para o hospital, mas apenas para fazer uma avaliação médica e já foi liberada. Fernando teve cerca de 81% do corpo queimado e após 40 dias internado, não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com a família, Fernando teria ido acender o fogão a gás, e não percebeu o vazamento, momento em que ocorreu a explosão.
O corpo do advogado está sendo velado no Velatório Santa Bárbara, em União da Vitória. O sepultamento deverá ocorre na manhã deste sábado, 06, no Cemitério Municipal de União da Vitória.

 

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo