• simulação-acidente.png
    Simulação de acidente encerrou Semana Nacional do Trânsito

Ações são desenvolvidas na Semana Nacional do Trânsito


Município de Porto União desenvolveu várias ações em alusão à semana

em Porto União e União da Vitória por

Diversas ações foram desenvolvidas pela prefeitura em parceria com outras  instituições da cidade na Semana Nacional do Trânsito . Na segunda-feira, 25, data final da semana temática, uma simulação de acidente de trânsito foi realizada no centro da cidade para conscientização da população. O tema da campanha nacional desse ano é “Minha escolha faz a diferença no trânsito”.

Buscando a conscientização da população sobre os cuidados necessários no trânsito a simulação de acidente contou com retirada de feridos de veículos e ações de resgate feitas pelos bombeiros. As ações da campanha visam a conscientização da população de suas responsabilidades no trânsito, valorizando ações do cotidiano e visando a participação de todos para o alcance da segurança no trânsito.

Ações foram desenvolvidas em parceria com a Polícia Militar de Porto União, Polícia Militar de União da Vitória, Secretaria Municipal de Educação de Porto União, Departamento Municipal de Trânsito (Demutran), Bombeiros Militares de Porto União e União da Vitória, EEB Coronel Cid Gonzaga e Senac Porto União. A simulação de acidente contou com a participação de alunos da EEB Coronel Cid Gonzaga, que representavam os acidentados. Corpo de Bombeiros realizaram as simulações de atendimento e retirada de feridos do local do acidente.

Durante a Semana placas foram espalhadas pela cidade. Segundo Ivan Scheid, encarregado geral do Demutran, inúmeras placas foram espalhadas pela cidade, de tamanhas maiores que os tradicionais para despertarem atenção da população. “Várias placas coloridas e de tamanho maior que o padrão estão sendo dispostas por toda a cidade, são itinerantes e têm por finalidade incentivar a valorização da vida focando nos valores, posturas e atitudes com as quais temos que lidar diariamente sendo pedestres ou motoristas”, comenta Scheid.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Vá para o Topo