Reflexões na Coluna Primeiro Plano

Acertando


em Primeiro Plano por

Vereador e presidente da Câmara de Porto União, Luiz Alberto Pasqualin, regulamentou a questão das contratações de cargos comissionados naquela casa. No último dia 11 de setembro, ele assinou o termo de ajuste de conduta entre a Câmara e o MPSC. Sinal da preocupação do presidente Pasqualin em corrigir velhos problemas que a Câmara mantinha.

DIVISÕES
A saída do deputado Antônio Aguiar do PMDB catarinense está deixando alvorossados os supostos candidatos a ocupar seu espaço na região. Pois bem, aqui em Porto União já ouvi muito PMDBista dizer que, com a saída de Aguiar do partido, prefere não trabalhar por ninguém da Canoinhas. A questão é, será que um novo candidato de Canoinhas vai nos dar a atenção que Aguiar manteve nos últimos anos.

DIVISÕES 2
DO outro lado tem gente dizendo que Porto União já assumiu a ADR e agora deveria também indicar o candidato a deputado estadual pelo PMDB na região. Situação difícil de acontecer.

PODEMOS
O advogado Fauzi Bakri deve aceitar mesmo o convite do Senador Álvaro Dias para criar e assumir a presidência do diretório municipal do PODEMOS em União da Vitória. Muito acharam estranho a saída repentina de Fauzi da presidência do PSDB de União e agora, se ele aceitar o convite de Álvaro Dias, fica claro que a questão foi muito mais do que pessoal.

AO CONTRÁRIO
Ao contrário de quem escreve contra a separação dos três estados do sul do Brasil e fez piada com a diminuição do número de votantes no Plebisul que aconteceu no último Sábado, o movimento conseguiu sim atingir os objetivos que, era alcançar pelo menos 5% da população em cada estado, permitindo assim que o projeto continue em frente. E sobre a diminuição em quase 50% da quantidade de votantes, o motivo principal era o preenchimento do formulário de assinatura que exigia mais de cinco minutos dos sulistas com consciência que se dispuseram a doar seu tempo para votar. Não foi uma derrota, foi uma vitória de gente consciente. E digo mais, para todos que acreditam em um país independente aqui no sul, posso dizer que já começamos a chamar a atenção dos não querem perder as mamatas, daqueles que sabem que terão que trabalhar caso isso aconteça, enfim, não podemos mais voltar atrás. Afinal o Sul é o meu país. E estou cansado de pagar imposto para sustentar vagabundo.

Última publicação de Primeiro Plano

Vá para o Topo