A bagunça


em Colunistas/Primeiro Plano por

Quem já não olhou para sua própria casa após um festa e ficou pensando que bagunça. Enfim, ontem li uma reportagem que o presidente Bolsonaro falou que havia muita coisa para ‘arrumar’ no Brasil. E sei que dificilmente ele sozinho vai conseguir fazer isso.

PARALIZAÇÃO
Escrevi ontem e hoje repito, porque nossos políticos não dão o exemplo e cortam salários e outros penduricalhos para ajudar o país neste momento tão delicado. As paralizações e greves acontecendo e nossos políticos brincando de puxa lá, dá cá.
A maior parte da população está pagando um preço muito caro pelos desmandos políticos que vivemos nos governos do PT e por último, no MDB de Temer. Temer que ninguém sabe mais se sai ou volta para a cadeia. E vemos o governo Bolsonaro amarrado por um Congresso que se dizia renovado. Então chegamos a conclusão de que renovação nas casas públicas não garante mudanças boas, a não ser que os eleitos tenham conhecimento real das necessidades da população e os limites impostos pela lei para que as mudanças ocorram.
É muito fácil quebrar o Brasil. Difícil é consertar.

REVISTA
Prefeitura de União da Vitória fez uma revista para divulgar diversas ações do município. Achei desnecessária, e olha que sou publicitário. Não visualizo mais a necessidade neste tipo de divulgação. Se o dinheiro gasto na revista fosse investido em um guia de turismo, sim, daí acredito que teria alguma utilidade. Da forma como veio na minha casa, foi para o lixo.

QUESTIONADO
O Governador Ratinho Jr. foi questionado se o anúncio de investimentos nas rodovias estaduais feito por ele acabaria como os anúncios feitos pelos seus antecessores, beto Richa e Cida Borghetti. Na verdade muitas das obras anunciadas ainda precisam de aval da justiça e do Tribunal de Contas do Estado, já que apresentaram alterações de valores pelo tempo que esperam para ser realizadas.

OI, OLHA ISSO!

  • E o projeto de arborização de União da Vitória, vai continuar, vai receber manutenção, substituição das mudas que foram quebradas ou que não pegaram?

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*