• 2ª-Parada-LGBTI-nas-cidades-deve-ocorrer-em-setembro.jpg
    1ª edição do evento aconteceu no ano passado

2ª Parada LGBTI deve acontecer em setembro


O evento foi divulgado hoje, Dia Internacional do Orgulho LGBTI

em Porto União e União da Vitória por

No dia em que o Orgulho LGBTI (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e pessoas intersex) é comemorado, 28 de junho, a data da próxima Parada LGBTI nas cidades foi divulgado. Organizadores prospectam para setembro a 2ª edição do evento que promove representatividade, diversidade e inclusão social.

Nas cidades, um dos principais objetivos da Parada LGBTI é o reconhecimento do espaço que integrantes do grupo ocupam e representam socialmente. “Existem muitos gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros em nossas cidades, e somos tão dignos e dignas de respeito quanto um cidadão heterossexual. Somos estudantes de diversas áreas, trabalhadores dos mais diversos cargos e merecemos visibilidade”, comentam os organizadores da Parada LGBTI.

Segundo a organização, nas cidades gêmeas, as principais barreiras são o preconceito e o conservadorismo, que são bem fortes. Muitas pessoas veem uma Parada LGBTI como algo promíscuo, uma forma de chamar atenção, não reconhecendo e nem respeitando o direito de expressão em sociedade.

A busca pela visibilidade da causa nas cidades é grande, mas existem vários empecilhos, como comentam os organizadores. “Existe apoio local, mas infelizmente é pequeno e a sociedade é dividida em três partes: aqueles que nos apoiam, os que nos ignoram e os que nos desprezam”, ressaltam. A próxima Parada LGBTI nas cidades está programada para acontecer no dia 24 de setembro, incluindo, além da manifestação, programações culturais e apresentações artísticas.

Dia do Orgulho LGBTI

O dia 28 de junho é marcado como o Dia do Orgulho LGBTI desde a década de 1970, ano em que manifestações da causa começaram a ser organizadas por grupos LGBTI americanos, em resposta a represálias que sofriam por parte do poder público. Atualmente, Paradas LGBTI acontecem em quase todos os países do mundo e em muitas cidades do Brasil, ao longo do ano. O revés da moeda também existe, já que nos últimos anos países como Sudão do Sul, Nigéria e Somália aprovaram leis severas anti-homossexualidade.

Essa Coca é Fanta

Uma ação da Coca-Cola Brasil chamou a atenção de consumidores pelo país. Uma lata temática foi lançada no Dia Internacional do Orgulho LGBTI e causou furor nas redes sociais. Estampado o trocadilho popular “Essa Coca-Cola é Fanta – E daí?”, latas de refrigerantes de Cola receberam refrigerantes de Fanta. A ação aconteceu apenas na Zona Sul do Rio de Janeiro, na sede da empresa. “Criamos uma lata especial para reconhecer quem ignora rótulos, desafia os preconceitos e assume quem realmente é. Essa Coca é orgulho. Essa Coca é respeito. Essa Coca é Fanta”, como afirmam os dizeres do rótulo da lata temática.

  • Maycon Costa

    Amei